Em junho do ano passado, fomos apresentados ao Raspberry Pi 4: um pequeno computador com um preço também pequenininho, capaz de rodar um sistema operacional completo de um desktop tradicional. Isso ampliava suas utilidades para além de projetos caseiros e outros truques. Para celebrar o 8º aniversário do Pi, ele ficou ainda melhor e com um custo-benefício impressionante: a versão mais simples vai vir com 2 GB de RAM, sem adições no preço.

Quando foi anunciado no ano passado, o Raspberry Pi 4 estava disponível em três versões que se diferenciavam pelo preço e pela quantidade de RAM: 1 GB, 2 GB ou 4 GB por US$ 35 (R$ 157, na cotação atual)), US$ 45 (R$ 202) ou US$ 55 (R$ 247), respectivamente.

E enquanto você se prepara para comemorar o ano bissexto com a chegada de 29 de fevereiro, reserve um momento para lembrar que o Raspberry Pi original começou a ser vendido há 8 anos. Para comemorar a ocasião, seus criadores reduziram o preço do Raspberry Pi 4 com 2 GB de RAM para US$ 35, o mesmo preço da versão de 1 GB.

Estranhamente, a Raspberry Pi Foundation ainda tem a intenção de vender a versão de 1 GB pelos US$ 35, mas não espera que muitos consumidores optem por essa oferta a partir de agora. E apesar da redução de preço da versão de 2 GB ser resultado da queda dos preços de RAM, o Raspberry Pi 4 de 4 GB ainda vai custar US$ 55, pelo menos no curto prazo.

Com base em nossos testes, o Raspberry Pi 4, que possui 40 vezes o poder de processamento, 8 vezes a memória e 10 vezes a largura de banda da versão original de oito anos atrás, pode ser usado para construir um PC desktop competente.

O desempenho será, claro, ainda melhor com a versão de 4GB, e você precisará considerar o preço dos acessórios necessários como teclado, mouse e monitor. Mas se você estiver procurando montar uma máquina altamente acessível (e não tiver problema em explorar um sistema operacional Linux baseado no Debian 10 Buster), o Raspberry Pi 4 pode ser bastante confiável ao rodar o Chrome e outros programas que exigem menos da CPU, como processadores de texto, aplicativos de e-mail e planilhas.

Desde que você não queira montar um computador capaz de editar fotos ou vídeos por menos de US$ 100, há mais motivos do que nunca para considerar um Raspberry Pi.