A maneira com que os smartphones rastreiam a localização está mudando – se você atualizou seu aparelho para o Android 10 ou iOS 13, talvez tenha percebido mais avisos sobre o quê os aplicativos podem fazer com os dados de onde você esteve. Aqui, vamos explicar o que esses avisos significam, e como você pode configurar os ajustes de localização do seu celular da maneira que se sentir mais confortável.

Como mudar os ajustes de localização no iOS

Com a chegada do iOS 13, o software lembra periodicamente sobre os aplicativos que estão rastreando a sua localização sem parar e permite que você altere as configurações atuais, caso queira. Você tem três opções: deixar o aplicativo registrar sua localização a qualquer momento, apenas quando ele está aberto ou nunca.



Essa configuração é inicialmente ajustada quando o aplicativo pede sua localização pela primeira vez – você consegue permitir que ele acesse as informações apenas naquela vez ou negue o acesso. Nesse caso, o aplicativo pode pedir para fazer o rastreio em plano de fundo também e caso você decida permitir uma única vez, quando abri-lo de novo a mesma mensagem vai aparecer.

Opções de localização do iOSCaptura de tela: Gizmodo

Sempre que essas caixas de diálogo aparecerem, dê uma olhada no texto que aparece depois do cabeçalho – é ali que o desenvolvedor explica o porquê de estar pedindo a sua localização (para mostrar restaurantes próximos, a previsão do tempo ou seja o que for). Se você estiver se perguntando porque um aplicativo quer saber onde você está, ele deve te informar.

Essas configurações podem ser encontradas a qualquer momento indo no aplicativo Ajustes no iOS, tocando em Privacidade e Serviços de Localização. Você verá uma lista de todos os aplicativos que têm acesso à sua localização e poderá escolher entre até quatro opções: Nunca, Pergunte da próxima vez, Enquanto uso o aplicativo e Sempre.

Nem todo app vai querer rastrear a sua localização o tempo todo, então a última opção nem sempre aparece. Porém, para qualquer app que essa alternativa estiver escolhida, avisos irão aparecer de vez em quando alertando que a função está ligada.

Toque em Serviços do Sistema para controlar como o sistema operacional pode utilizar os seus dados. Por exemplo, você pode querer que o HomeKit e o Encontre meu iPhone saibam sua localização, mas desativar o rastreio para os Anúncios da Apple ou os Locais Importantes.

Opções de localização do iOSCaptura de tela: Gizmodo

A partir da mesma tela de Serviços de Localização, você pode desligar o rastreio em todo o iPhone de uma só vez, apertando o interruptor no topo da tela. Com esse ajuste desligado, nenhum dos aplicativos poderão saber onde o seu celular está, nem registrar essas informações.

Como mudar as configurações de localização no Android

O Android, tradicionalmente, fica atrás do iOS quando se trata de ajustes finos nas opções de localização. Porém, no Android 10, isso mudou. As telas abaixo mostram as opções de local para a versão pura do Android, rodando num Pixel – isso significa que os menus podem variar um pouco, dependendo a fabricante do seu aparelho.

Você não receberá os mesmos lembretes que o iOS envia avisando sobre aplicativos que estão monitorando a sua localização. Porém, você pode definir o rastreio para cada aplicativo, da mesma forma que acontece no sistema dos iPhones.

A partir das Configurações, toque em Localização e depois em Permissão dos apps para ver qual dos seus aplicativos instalados estão interessados em saber por onde você esteve e por onde você vai andar no futuro.

Aplicativos ficam divididos em três categorias que cobrem os apps que podem registrar a sua localização o tempo todo, apps que só rastreiam enquanto estão sendo usados ativamente e apps que não veem a sua localização nunca. Toque em qualquer app para mudar os ajustes (nem todos terão uma opção de Localização porque talvez não precisem disso para funcionar).

Opções de localização do AndroidCaptura de tela: Gizmodo

Infelizmente, não há um resumo rápido explicando o porquê de os aplicativos do Android quererem ver sua localização como acontece no iOS, então cabe a você descobrir isso. A maioria das vezes isso vai ser bem óbvio, mas se estiver em dúvida, tente ver com o desenvolvedor (ou simplesmente desligue o rastreio e perceba o que deixou de funcionar no aplicativo.)

Para interromper todo o rastreio de localização, desligue a opção Usar localização no menu Localização. Isso bloqueia todos os seus aplicativos instalados e até mesmo o Google de saber por onde você anda.

Como o Google é o Google, existem algumas opções extras que pedem permissões para rastrear sua localização – para recomendar novos lugares baseado onde você já esteve, para te lembrar de classificar e analisar locais, para permitir que você reveja por onde esteja, e por aí vai. Se você não quiser que isso aconteça, na tela Localização, toque em Avançado e então desligue o Histórico de Localização.

Lembre-se que os aplicativos têm outras maneiras de saber onde você está – a partir do endereço de IP de onde você está se conectando na web, por exemplo, ou a partir dos locais que você avaliou. Nem todo o rastreio de localização está coberto pelos ajustes no sistema que mencionamos, e a coleta dessas informações geralmente é o preço que se paga para usar um aplicativo.

Opções de localização do AndroidCaptura de tela: Gizmodo

Uma das formas que aplicativos (e a Apple e o Google) podem descobrir onde você está é fazendo uma leitura das redes Wi-Fi e dos dispositivos Bluetooth. Se essas redes e dispositivos forem reconhecidos, eles podem dedurar a sua localização – digamos que você esteja entrando no Wi-Fi de uma cafeteria da sua cidade, por exemplo.

A Apple junta essas informações nos ajustes gerais de localização no iOS e no iPadOS, mas não é o caso para o Android. Para impedir esse tipo de rastreio, você precisará abrir o menu de Localização a partir das Configurações do Android e toque em Verificação e desligue as opções Busca por Wi-Fi e Verificação de Bluetooth.

Seja para pedir um carro no Uber ou saber a previsão do tempo, ler a sua localização atual é bastante importante para muitas das coisas que fazemos com o smartphone. Por isso, a gente costuma abrir mão da privacidade pela comodidade. Em último caso, vai da sua confiança na Apple, Google e nos desenvolvedores dos aplicativos – porém, quanto menos eles puderem ver por onde você esteve, melhor.