O fundador da Dolby Laboratories, Ray Dolby, morreu hoje em São Francisco aos 80 anos. Ele será lembrado como o homem que tornou o áudio em filmes espetacular tal qual ele é hoje. Sua tecnologia é usada basicamente em todos os filmes produzidos nos EUA.

Dolby nasceu em Portland, Oregon, em 1933. Formou-se bacharel em engenharia em Stanford, em 1957, e mudou-se para a Inglaterra, onde fez doutorado em Física em Cambridge, em 1961. Em 1964, ele fundo a Dolby Labs. Os trabalhos iniciais da empresa focavam em um sistema de redução de ruído profissional para gravações de áudio em fitas magnéticas. Essa tecnologia teve um grande impacto nos sons que as pessoas ouviam o tempo todo, mas sem muita demora, seu nome passaria a constar nos créditos de todos os filmes de uma maneira inesquecível.

Nos anos 1970, a Dolby Labs desenvolveu um sistema analógico para a execução de playbacks multi-canais em filmes, chamado Dolby Stereo. A chave para a inovação era o acréscimo de faixas central e circulares às fitas de som dos filmes, que poderiam ser tocadas em acréscimo ao mix stereo tradicional, caso o cinema fose equipado apropriadamente. Hoje, ele provavelmente era mais conhecido pela versão doméstica da tecnologia, o Dolby Surround, apresentada em 1982.

Nos últimos anos, as inovações da Dolby Labs migraram para o universo de uns e zeros. O Dolby Digital incorpora uma série de codecs para áudio digital que são usados para tudo, de Blu-ray ao Netflix. É praticamente impossível criar um produto maior que um smartphone sem um decodificador Dolby Digital.

Ano passado, Dolby apresentou o Atmos, uma tecnologia de áudio imersivo para cinemas inacreditável, que permite aos mixadores direcionar “elementos” de áudio a caixas individuais na sala de cinema. O sistema está sendo adotado com velocidade em cinemas do mundo inteiro e, hoje, praticamente todo blackbuster tem um mixador de som Dolby Atmos.

O nome de Dolby não é apenas um dos mais reconhecíveis do universo cinematográfico — é um dos mais importantes da história da sétima arte. Nossas condolências aos familiares e amigos.