O novo RealPlayer SP, atualmente em beta, tem novas funcionalidades para ripar vídeos do YouTube e outros vídeos em streaming da internet e colocá-los em qualquer portátil que você tenha. Funciona bem, mas também está atulhado de funções desnecessárias.

O RealPlayer SP é a evolução do já antigo RealPlayer, que se tornou uma monstruoso software com múltiplos braços: é um player e organizador de mídia, tem um navegador de internet integrado, serviço de venda de músicas (Rhapsody) por assinatura ou a la carte, loja de games (Real Arcade), gravador de áudio e agora um gravador/conversor de vídeo por streaming, ligado à redes sociais. No momento é só para Windows, embora nos tenham assegurado que uma versão para Mac está chegando. O beta vem em dois sabores: um é grátis, e o outro custa US$ 40 e inclui conversão para H.264 e reprodução/gravação de DVD.

O SP do nome significa Social/Portátil, então você já está adivinhando para onde isso vai. Além do RealPlayer em si, o programa inclui um botão para ripar vídeo de dentro do seu navegador (funciona em Firefox, Chrome e IE, não funciona em Opera e quanto ao Safari ninguém sabe). Esta novidade inclui um conversor para praticamente qualquer formato que você imaginar, de BlackBerry->Symbian a iPod->Zune e muito mais.

É nessa coisa de conversão de vídeo que o RealPlayer SP se torna mais conveniente, especialmente se você (como eu) tem um telefone ou media player portátil um pouco mais estranho quanto ao formato de vídeo. Normalmente é um saco converter vídeo para o Zune, por exemplo, mas o RealPlayer SP faz isso com facilidade. Para aparelhos mais novos, como o Palm Pre e o BlackBerry Bold, o software é capaz de passar o vídeo convertido já para o aparelho, enquanto no caso do iPod/iPhone você pode fazer isso através do iTunes normalmente. Aparelhos mais antigos ou menos comuns, como o meu BlackBerry Curve 83xx ou o meu Zune, também são suportados, mas você precisa copiar os vídeos manualmente.

O problema com esta nova iteração do RealPlayer não são as suas novas funções, mas sim o antigo software do RealPlayer enterrado por baixo de tudo. iTunes, Zune, MediaMonkey e WinAmp são todos exemplos de jukeboxes de mídia muito melhores que o RealPlayer, e infelizmente este novo foco da Real em vídeo por streaming pode até ser novidade na categoria, mas não é novidade para a maioria de nós. Caramba, faz anos que o Firefox tem extensões que fazem a mesma coisa (apesar de com certeza usar conjuntos de codecs menos poderosos).

Eu também não fiquei impressionado com a velocidade ou eficiência da conversão. A Real afirma que tem um tempo de conversão de 1x, o que significa que um vídeo de 1 minuto deve levar 1 minuto para ser convertido. Para mim, um vídeo de 3,2MB demorou 3,5 minutos para converter, e eu acabei com um arquivo de 6,6MB. Nenhum problema para um vídeo pequeno assim, mas eu sinto que isso deveria ser bem melhorado.

O RealPlayer SP também tem laços com diversos sites sociais, mas é tudo bem meia boca: para o Twitter, por exemplo, ele apenas manda um link para a página onde estava o vídeo que você converteu, junto com uma propaganda para a Real que só te faz parecer um imbecil. O Tweet padrão é uma versão em inglês de "acabei de baixar tal e tal vídeo com o RealPlayer!", então prepare-se para seguir cada um desses tweets com "Esclarecimento: eu não trabalho para a Real e ela não me pagou por essa propaganda". (NT.: Ou simplesmente desative a bagaça!)

Sinceramente, as novas funções do RealPlayer SP não são ruins de modo algum. É uma boa ideia integrar cópia de vídeo por streaming em um media player, e o RealPlayer SP faz um trabalho tão bom quanto poderíamos exigir dele. O pacote geral precisa ser melhor trabalhado: o RealPlayer SP é extremamente pesado para ser usado apenas como copiador e conversor de vídeos, e como um jukebox ele é velho, datado e tosco. A Real tem uma ideia realmente boa aqui, mas o RealPlayer precisa de mais do que apenas alguns add-ons chiques. Nós adoraríamos se a Real colocasse as funções novas do SP em um simples applet e deixasse de fora todos os browsers e gerenciadores de mídia para os quais ninguém dá bola.

Então para quem de fato é o RealPlayer SP? Podemos dizer que se você é um dono de Zune ou BlackBerry, que usa Windows, adora vídeos por streaming e se confunde com tantos conversores de vídeo, o RealPlayer SP seria uma ótima opção para colocar vídeos no seu telefone. [Real]