Buracos no meio da rua são coisas comuns em muitas cidades brasileiras. Talvez você não se importe muito ou acredite que “dá muito trabalho” tentar fazer alguma coisa – suspensão quebrada no carro dos outros é refresco. Com o site FixMyStreet Brasil pode ficar mais fácil pelo menos avisar ao mundo que o problema existe.

Como o nome já diz, o site serve para resolver problemas da sua rua como buracos, lixo, pichações ou luzes e placas danificadas. O projeto, criado pela MySociety, já existia em países como Canadá, Nova Zelândia e Inglaterra, mas agora está disponível também no Brasil, trazida pela Flieger Software.

Para indicar problemas é bem simples: Coloque o CEP, ou o nome da rua e da cidade, indique no mapa o exato local onde viu o problema, depois é só colocar um título, selecionar uma categoria e preencher descrevendo o problema ou adicionando uma foto e alguns dados pessoais – que o site promete não usar para fins comerciais, apenas repassar para aqueles que se responsabilizarem pelo conserto. Depois de fazer o relato o usuário também pode compartilhar o problema no twitter e facebook. Cada localidade tem uma espécie de “padrinho”, que é responsável por fazer a ponte com o poder público (que por enquanto não monitora o serviço).

Além disso, há a possibilidade de enviar relatos via smartphone através de um aplicativo para Android que pode ser baixado no próprio site do FixMyStreet . Existe um projeto para desenvolver um app para iPhone, adicionar mais cidades  e também para integrar com o Google Street View.

Até o momento pouco mais de 360 relatos foram enviados – a maioria da cidade de Fortaleza/CE –, e apenas 2 foram resolvidos, o que não parece tão tímido levando em conta que o site tem menos de um mês de vida e não foi devidamente divulgado.

Em entrevista ao Terra, Érus Ferreira, gerente do projeto, comentou que precisamos melhorar os bairros que moramos ou frequentamos e também preparar as cidades para os grandes eventos que estão por vir. E esses eventos aos quais ele se refere são “apenas” a Copa do Mundo e as Olimpíadas, os dois maiores eventos esportivos do planeta, que atraem a atenção do mundo inteiro para o país sede.

O objetivo inicial é chegar a no mínimo 1000 reclamações reais para que possam ter mais força para pressionar os políticos responsáveis. Se as campanhas políticas estão cada vez mais conectadas, porque nossas reclamações às autoridades também não podem estar? [FixMyStreet Brasil via Terra]