A primeira noite que o Amazon Echo Show esteve no meu quarto, eu tive que cuidadosamente deixá-lo de cabeça para baixo na minha cabeceira. O monitor, que fica constantemente rodando entre as minhas reuniões futuras, notícias recentes e previsão do tempo, era simplesmente claro demais. Era como ter um Sol super informativo brilhando no seu rosto. Na segunda noite, como se eu soubesse, o Echo Show apareceu com outro slide na sua tela. “Tente falar, ‘Alexa, não perturbe’.”

• Bem a tempo, a Amazon patenteia método para evitar comparações de preço dentro de lojas
• A Amazon roubou o Echo Show de uma das startups em que investe?

Eu tentei, e a tela instantaneamente escureceu até o ponto de ser completamente aceitável dormir com ela. O Echo Show entendeu exatamente o que eu queria e quando eu queria, e, quando o dispositivo faz isso, é um dos meus dispositivos preferidos para ter em casa no momento. Mas, cara, quando o novo Echo da Amazon é burro, o dispositivo é um exercício em frustração.

Mas é difícil culpar o Echo Show, o novo display e alto-falante inteligente de US$ 230 da Amazon. O dispositivo é a aposta da Amazon para ficar na frente de concorrentes como o Google e a Apple. Os alto-falantes inteligentes são coisa do ano passado, e, nesse ano, todo mundo (tirando a Apple, por enquanto) está focado em construir um assistente digital de casa com uma tela grande e clara. O Google está fazendo isso ao usar a versão do Android, ligado à sua televisão e ao Nvidia Shield, mas a Amazon está colocando tudo em um pequeno pacote que pode ficar na sua estante.

kp5zfmkw7dlucu2q7vkx

Imagem: Carmen Hilbert/Gizmodo

E esse pacote é tão bom no que faz que, quando ele falha, parece um dano colateral. Com um potente alto-falante e uma clara tela de qualidade surpreendente, o Echo mostra respostas para as minhas perguntas simples de maneira tão simples e fornece dados em um formato tão perfeitamente consumível que eu continuo esperando que ele vá além. Por que o Echo Show não consegue ligar para o meu veterinário quando o meu cachorro estiver esquisito ou encontrar (e comprar) minha marca preferida de salsa de um pequeno produtor mexicano? Minhas altas expectativas me levaram a apresentar desafios cada vez maiores que, inevitavelmente, levaram o dispositivo à falha.

Como o assistente inteligente do seu celular, o Echo Show está sempre fornecendo ativamente informações. Ele aparece com as mais estranhas e divertidas notícias, previsão do tempo e lembretes de reuniões futuras sem que você peça. Eu peço para ele me mostrar a CNN, e, quase que instantaneamente, as mais recentes notícias da CNN aparecem na tela. No entanto, alguns elementos intencionais do Echo Show parecem descuidos. Eu não posso visitar um site. Ele não faz uma busca de imagens no Google ou Bing. Se você pedir para ele mostrar pornô, ele vai, inexplicavelmente, sugerir que você assista Spring Breakers no Amazon Prime.

a1kvodxl8rhcjrskhxca

Imagem: Alex Cranz/Gizmodo

O Echo Show é construído em volta do ecossistema Amazon, então ele vai mostrar apenas imagens da sua biblioteca do Prime Photo e filmes da sua biblioteca de mídia Prime. Se você quiser música, ele só vai tocar da biblioteca Prime, e se você quer um livro para ler, ele precisa vir da sua biblioteca do Kindle. Isso é, na verdade, bem fantástico para a maioria de nós, especialmente se você é um viciado na Amazon como eu. Eu não sei você, mas a única vez que eu usei tanto o meu antigo Echo quanto o Google Home foi para ver a previsão do tempo ou a hora, tocar música para o cachorro, colocar um timer ou apagar as minhas luzes inteligentes.

Por todas essas coisas, o Echo Show é fantástico. Eu sempre estou perguntando como está o tempo e então saindo antes de receber a resposta. O Echo Show mostra a previsão para os próximos dias e deixa toda a informação na tela até eu fazer outra pergunta para ele, e quando eu coloco um timer, ele me mostra o timer, para que eu não precise perguntar quanto tempo falta a cada trinta segundos. Eu posso até dispensar o timer com um gesto ao invés de tentar gritar “PARE” por cima do alarme. A tela até me dá controle por toque da minha música, com botões de tocar, pausar e pular.

njimjorxtqkkghawt7mn

Além do display touch, o Echo Show também tem botões físicos para volume e desligar o microfone. (Imagem: Alex Cranz/Gizmodo)

Todas essas coisinhas são úteis o bastante para que eu não ligue de gastar os US$ 50 extra no Echo Show sobre o Echo tradicional. Mas além de ser mais útil como um dispositivo, ele é menos feio. “Ah, isso é bem melhor que aquele tubo preto grande”, meu colega de quarto disse quando o percebeu. O velho Echo fica escondido atrás de um roteador, mas o Echo Show, como o Google Home, é um daqueles assistentes digitais que eu não ligo de deixar em um lugar de destaque na sala de estar ou quarto, mesmo que suas quinas pretas afiadas o deem uma impressão bem anos 90.

E ele faz eu me sentir no futuro! Eu sei, eu entendo, um display de 7 polegadas como o encontrado no Echo Show é mais barato do que já esteve, e qualquer um com um velho celular, laptop ou tablet pode provavelmente construir algo quase tão eficiente quanto o Echo Shoe com um pouco de tempo e conhecimento de programação. Bem, se você tem a mais recente TV Android ou o novo Nvidia Shield, você pode até ter uma experiência similar no Google da sua televisão, embora sem os controles de toque.

O que o Echo Show está fazendo não é revolucionário, mas, até agora, se você queria fazer um cérebro touchscreen super inteligente comandar a sua casa e mostrar coisas como previsão do tempo e sua agenda, você ou precisava dar uma boa hackeada ou fazer como Mark Zuckerberg e gastar uma montanha de dinheiro. O Echo Show é o primeiro dispositivo do seu tipo que nós todos podemos ter e ele parece, de muitas formas, o primeiro passo em direção a um futuro dos Jetsons.

xhocxzugsl48wvetrmwt

O Echo Shoe tem uma câmera para videochamadas (definitivamente não para espiar você), ele também é SUPER suscetível a impressões digitais (Imagem: Alex Cranz/Gizmodo)

Ele até tem uma câmera para videochamadas! Apesar de ela só funcionar com outros dispositivos com Alexa por enquanto, incluindo o Echo e o aplicativo Alexa no seu telefone. É um conceito interessante e pode ser divertido de usar. Quando eu estava testando o Echo Show no escritório, eu gritei “ligar casa”, e o Echo no meu apartamento imediatamente incomodou o cachorro e minha colega de quarto – e conseguir apenas dizer “ligar mãe” e ter o rosto da sua mãe aparecendo na tela parece uma maravilha futurista vinda do Star Trek. Mas também quer dizer que a Amazon está ouvindo tudo o que você faz, também está observando tudo que você faz, e isso pode ser… terrível. Especialmente se você deixa o Echo Show no seu quarto.

No entanto, os maiores problemas do Echo Show são mais um resultado da infraestrutura Amazon Alexa do que qualquer falha do dispositivo em si. Todas as críticas que eu tenho do Echo Show poderiam se aplicar ao Echo original. Assim como aquele dispositivo, o Echo Show depende demais dos skills, os mini-aplicativos que permitem à Alexa sair do cuidadosamente construído ecossistema para outros sites e depósitos de informação. Se o skill não existir ou não estiver especificado quando você faz um pedido, o Echo Show vai agir de maneira burra e navegar pelos vídeos do Amazon Prime ao invés do YouTube, ou procurar filmes na loja da Amazon ao invés do Fandango.
Às vezes, ele não entende algumas palavras também. Eu sempre enuncio cuidadosamente, porque assistentes digitais podem ser burros, mas quando eu disse para o dispositivo me “mostrar Joe T Garcia salsa meio picante”, ele entendeu tudo errado, e quando eu disse “me mostre GOOP”, ele ouviu “me mostre group”.

Esses problemas, no entanto, são conhecidos se você usa um Amazon Echo. Então parece meio mesquinho se preocupar com isso em um dispositivo que, de outra forma, eu adoro. Se você achar que precisa fazer um upgrade do seu Echo, ou se você está pronto para experimentar o primeiro cérebro digital para a sua casa, então, sim, você realmente precisa pedir um Echo Show imediatamente, ele é bom assim. Mas poderia ser bem melhor, e até a Amazon fornecer a interação entre o OS e os skills e tornar a Alexa mais intuitiva, ainda vai ser bem distante do futuro dos Jetsons para o qual eu estou preparado.

puvn2uvd5qpld4sr5ets

Imagem: Alex Cranz/Gizmodo

RESUMO

• Eu pedi para ele me mostrar um “titmouse” e ele apitou “tit”.
• Eu não preciso pedir a previsão do tempo cinco vezes.
• Por US$ 230, o Echo Show é US$ 50 mais caro do que o original e US$ 100 mais caro que o Google Home, mas tem um ótimo display de 7 polegadas que os outros não tÊm.
• A tela touch quer dizer que você pode usar os dedos para parar a música ou alarmes, o que é bem melhor que gritar. Ele também torna mais fácil conectá-lo no Wi-Fi.
• O Echo Show apresenta videochamadas por meio da Alexa. É uma videochamada de ótima qualidade, e eu a testei com zero soluços ou travadas. No entanto, só funciona com outros dispositivos Echo e telefones com o aplicativo da Alexa.
• Pode ser ótimo para a família, mas tem poucos usos além disso.

Imagem do topo: Carmen Hilbert/Gizmodo