Há alguns anos, desde a chegada dos smartphones, os relógios de pulso se tornaram um pouco menos presentes. Eles mantêm sua função estética, mas para quem quer saber as horas, basta sacar o telefone do bolso. Há quem não veja a menor necessidade de um relógio — mas isto pode mudar com a chegada dos smartwatches, que têm mais funções além de horário, cronômetro e alarme dos antigos relógios.

Para entrar neste mercado, a Casio decidiu lançar alguns modelos de relógios que ficaram um pouco mais smart. Mas só um pouco. A companhia nos forneceu o Casio G’MIX GBA-400, com conexão Bluetooth, para testes. Confira nosso review.

O que é?

O Casio G’MIX GBA-400 é um relógio com cara de relógio que oferece um pouco mais que um relógio — além de alarme, cronômetro, contagem regressiva e horário mundial de 300 cidades do mundo, ele possui conexão Bluetooth.

Ao conectá-lo a um celular, é possível controlar o player de música pelos botões do relógio. É possível iniciar e parar uma música, avançar e voltar e até mesmo controlar o volume da música. Pode-se também definir a qualidade do som e algumas configurações do relógio, como alarmes, diretamente do celular.

O G’MIX promete uma bateria de dois anos de duração, algo impressionante para os atuais smartwatches, que requerem uma nova carga ao final de cada dia. Ele também é altamente resistente a impactos e vibrações e funciona a até mesmo 200 metros abaixo d’água — ou seja, dá até para mergulhar com ele.

Casio G’MIX GBA-400 (4)

O relógio é usado junto a dois apps dedicados: o G-SHOCK+, que serve para emparelhar o aparelho com o celular e configurar algumas funções, como alarmes e fusos horários — é só configurar no celular e os dados são transferidos para o relógio, sem a necessidade de apertar e segurar botões para configurar novos alarmes. Este aplicativo também permite encontrar celulares perdidos: a função ativa um alarme sonoro no celular, mas desde que o Bluetooth dele esteja ligado.

O segundo app dedicado leva o mesmo nome que o relógio, G’MIX. Ele serve como um player específico para ele, oferecendo alguns extras, como equalizadores específicos para cada tipo de música.

IMG_9517

Para quem é?

Uma pergunta mais fácil: para quem ele não é? O G’MIX definitivamente não é para quem busca um smartwatch. Ele está longe (bem longe) de ser um Android Wear ou até mesmo um Pebble. Ele não vai monitorar suas atividades físicas ou oferecer algum tipo de notificação. Quer saber se aquele email que você esperava chegou? Quer responder uma mensagem no Facebook? Quer saber quantas calorias gostou em uma caminhada? É melhor pegar o seu celular, pois o G’MIX não saberá responder nada disso.

O G’MIX é para quem quer um relógio com cara e funções de relógio, mas com um algo a mais. Ou para quem quer controlar algumas funções do celular sem a necessidade de tirá-lo do bolso.

Design

O G’MIX é revestido de plástico, tanto nas arestas do visor quanto na pulseira. Ele é um relógio bem largo, mas são tantas as informações presentes na tela que ele acaba parecendo pequeno: além dos ponteiros analógicos de segundos e minutos, existem dois visores LCD — um na parte de baixo, que mostra as horas, e um na parte de cima, que mostra informações como a data ou a música tocando no momento.

Há ainda um disco físico que gira para mostrar se o Bluetooth está ligado ou desligado, que é uma das funções mais legais do relógio – é também algo bem estético, que poderia ser facilmente substituído por uma luz. O G’MIX conta com cinco botões: dois botões de pressão em cada lado, e um giratório à direita.

Usando

O relógio é confortável de se usar. A pulseira de borracha é feita com dobras, que promete “proteger contra erros de operação com o movimento do pulso e para alcançar o peso apropriado”; mas o material, apesar de rígido, parece não ser muito durável.

O botão giratório do lado direito do dispositivo é um dos grandes diferenciais do relógio: ele permite aumentar ou diminuir o volume da música quando o aparelho está conectado a um celular, girando o botão para cima ou para baixo respectivamente.

Casio G’MIX GBA-400 (1)

E é aí que começam os problemas: a resposta do Bluetooth é um pouco lenta. O volume não muda de imediato, então os mais impacientes podem acabar sem entender como o som desapareceu ou se assustar com a música atingindo o volume máximo de repente. Também passamos por momentos em que o Bluetooth se desconectou sem motivo (e ficamos apertando o botão para passar para a música seguinte feito tontos).

Casio G’MIX GBA-400 (2)

Além disso, por mais interessante que seja ter um app dedicado com funções específicas, como equalizadores, será que isso é suficiente para fazer alguém mudar de um player que já está acostumado? O G’MIX não funciona com praticamente nenhum serviço de streaming. Spotify, Rdio ou Deezer? Nem pensar. Ele funciona apenas com o Apple Music, por estar integrado ao app Música nativo do iOS.

Outro problema sério que encontramos foi a luz. A iluminação do G’MIX foi um dos maiores problemas que encontrei pelo simples motivo dela iluminar mais do que devia. O “Super Illuminator”, como é chamado, é uma luz LED “de alto brilho” que “ilumina o mostrador garantindo visibilidade noturna”. Só que a luz do G’MIX fica por cima do visor, não atrás dele: desta forma, quando iluminado no escuro, tudo o que víamos era a luz e nenhuma das informações, só os ponteiros.

Casio G’MIX GBA-400 (3)

E é melhor pensar duas vezes se você quiser usar o G’MIX com o seu celular Android: ele só é compatível com alguns poucos aparelhos da Samsung (Galaxy S4, S5 e Galaxy Note 3), mais smartphones iOS a partir do iPhone 4S.

Vale a pena?

Eu me pego perguntando para que (ou para quem) este relógio serve. Afinal, por mais interessante que seja controlar o player do celular pelo relógio, esta é uma função que fones de ouvidos fazem, e muito bem, há um bom tempo. E se posso controlar a música pelos meus fones, sem a necessidade de tirar o celular do meu bolso, por que eu investiria em um relógio como este?

Se você quer um relógio que monitores suas atividades físicas e forneça as mesmas notificações que um celular, como emails, mensagens ou ligações, o G’MIX definitivamente não é para você. A Casio tenta se aproximar das grandes marcas de celulares entrando na indústria dos smartwatches que ainda engatinha. A tentativa é boa, mas as funções escolhidas não são marcantes o suficiente para colocá-la nem mesmo próximo do mesmo patamar que o Android Wear, Apple Watch ou o Pebble.

Agora, se você quer um relógio que cumpra todas as funções de um relógio, sem a necessidade de carregá-lo ao fim de cada dia e oferecendo um pouco a mais – controlar a música tocando em seu celular – talvez o G’MIX seja feito para você? Ele está disponível no Brasil por R$ 940.