O site T3 fez um review exclusivo do Motorola Dext (conhecido nos EUA como Cliq) e eles ficaram impressionados. Eles até dizem que é um "novo amanhecer" para a Motorola. Estes são os principais pontos:

O que há de bom:

Motoblur: A combinação de inteface do usuário e redes sociais é a principal qualidade do aparelho. Eles dizem que os widgets que personalizam a tela inicial são úteis e rápidos, e sempre se atualizam. Por exemplo, em um widget de mensagens aparecem os últimos e-mails e SMS na tela inicial, à medida que eles vão chegando. O widget de notícias reune informações de vários RSS ao mesmo tempo.

"Happenings" (O que acontece): é o widget mais interessante. Ele se conecta às redes sociais e reune todas as atualizações de status em um só feed. Mas tem alguns problemas: ele mostra as atualizações de todos os seus amigos do Facebook — todos os 457 que você não conhece muito bem.

Agenda: parece que a agenda reune informações de todos os seus contatos — endereços, e-mails, telefones, fotos, status, aniversários, compromissos, eventos — e atualiza com as informações mais recentes das redes sociais às quais você está conectado. Isso parece muito legal, afinal desse jeito você jamais terá que atualizar sua agenda telefônica.

O que há de ruim:

A qualidade do aparelho por fora: não parece muito boa, de acordo com eles. Além do design pouco interessante, a tela sensível a toque às vezes não é precisa, e o telefone parece ser de baixa qualidade por fora. A qualidade da tela de 320×480, no entanto, é boa.

Teclado QWERTY: o teclado físico não é bom. O layout ruim e a falta de feedback fizeram com que eles usassem o teclado virtual, que é bom e preciso.

Conclusão:

Apesar dos pontos negativos, a T3 ficou satisfeito com o Motorola Dext, dizendo que é um smartphone confiável, extremamente personalizável, rápido, e ótimo para viciados em redes sociais. O review completo está aqui: [T3]