Nvidia Shield é a set-top box mais potente já criada: uma caixa com Android TV e um chip Tegra X1 que consegue rodar jogos tão exigentes quanto Crysis. O preço? Apenas US$ 200.

Eu quero que muitas pessoas comprem um Nvidia Shield porque, se isso acontecer, talvez desenvolvedores comecem a fazer jogos para ele – e quem sabe assim eu compro um para mim.



Nvidia Shield

O que é?

Uma set-top box preta que parece ter saído de uma história do Batman. Ela roda Android TV, o sistema do Google para TVs que ainda precisa melhorar muito. Ao menos desta vez a Android TV ganhou algumas coisas bacanas. Por US$ 200, o Shield acompanha um gamepad, suporte a filmes 4K na Netflix e a capacidade de fazer streaming dos seus jogos de um PC equipado com uma GeForce, ou através dos servidores do Nvidia Grid.

Ele também conta com diversas entradas e o armazenamento externo ausente no Google Nexus Player. Ele tem uma loja própria – a Nvidia promete que jogos espetaculares para Android estarão disponíveis nela – e o software foi levemente modificado para funcionar melhor com seu sistema de entretenimento doméstico.

Nvidia Shield

Por que ele é importante?

Desde o lançamento do Nvidia Shield original, a Nvidia vem apostando no Android como próxima grande plataforma para jogos. E talvez, apenas talvez, a empresa finalmente tenha convencido alguns desenvolvedores de que isso é verdade. Grandes jogos como Resident Evil 5, Borderlands: The Pre-Sequel e até Metal Gear Rising: Revengeance estão a caminho do Android por causa dos esforços da Nvidia.

Com uma ajuda extra do Google e de desenvolvedores do Android, talvez possamos ter um console Android decente na nossa sala de estar.

nvidia-shield-3

Design

Não sei onde uma fabricante de chips de silício conseguiu uma equipe de design tão boa, mas a Nvidia conseguiu fazer um produto bem elegante. O Shield é angular e claramente inspirado no F-117A Nighthawk. Ele é pequeno para a sua sala de estar, e fica muito bem escondido na TV, e se destaca bastante em comparação com outras set-top boxes que parecem discos de hóquei.

Nvidia Shield

E em comparação com outras set-top boxes, o Shield está lotado de entradas. Tem como conectar HDMI 2.0 com HDCP 2.2 para vídeo 4K 60fps, uma porta Ethernet para quem não confia tanto no Wi-Fi de casa, duas portas USB para drives externos e headsets USB, uma entrada microSD para expandir o armazenamento, e uma entrada micro USB.

Você pode também conectar controles do Xbox 360 – até mesmo um adaptador wireless do Xbox 360. Ou uma webcam para chats por vídeo, algo que eu não tentei fazer funcionar.

Nvidia ShieldNvidia Shield

Mas você não precisará dessas últimas coisas, já que o Shield conta com um controle próprio – e muito bom. O Nexus Player de US$ 100 acompanha um controle remoto terrível com cinco botões. O Shield, por sua vez, tem um gamepad completo e robusto com botões excelentes, controles analógicos que funcionam muito bem, um controlador de volume, microfone para busca por voz e até entrada de fone de ouvido para você poder jogar Doom 3 sem incomodar outras pessoas com o barulho de demônios sendo destruídos.

Nvidia Shield

Também há uma opção de comprar um controle remoto padrão para reprodução de mídia, que também tem a entrada de fone de ouvido e a busca por voz, mas custa US$ 50 extras.

Usando

Confira acima nosso guia em vídeo do Android TV e Nvidia Shield

Vamos ser diretos: como plataforma, o Android TV é horrível. Ele deve mudar bastante em breve, mas, por enquanto, parece idêntico ao sistema operacional que me desagradou há alguns meses.

A promessa do Android TV era que seus apps, filmes, músicas, programas de TV e até jogos estariam na telona, e você usaria tudo a partir da busca por voz ou da navegação estilo Netflix, que sugere de forma inteligente o que pode interessar você.

Nvidia Shield

Na prática, no entanto, a interface estilo Netflix não funciona como eu gostaria, e há uma seleção limitada de apps e jogos que é totalmente injustificável.

A coluna inicial mostra suas “recomendações”, e é a primeira coisa que você vê ao ligar o aparelho. Atualmente, a minha exibe alguns vídeos de YouTube que eu não quero ver, um jogo que eu apaguei recentemente (uau, muito obrigado), uma música aleatória da minha biblioteca do Google Play Music, e conteúdo do Play Movies e TV que eu não tenho interesse em alugar ou comprar.

Eu loguei na minha conta do Hulu Plus, então daria para imaginar que veria recomendações de séries que acompanho por ele, mas nada disso: ele continua me recomendando coisas que não me interessam nem um pouco.

Nvidia Shield

E apesar de eu estar logado com minha conta do YouTube – aquela que uso para assinar os canais de notícias de games e tecnologia que tanto gosto – o Android TV parece certo de que eu quero ver um canguru gigante andando em um subúrbio de Brisbane, Austrália. Não, obrigado.

E eu não posso descartar essas sugestões, muito menos marcá-las como incorretas. Na verdade, mesmo que eu assista a um desses vídeos, ele voltará à parte de recomendações assim que eu reiniciar o sistema – ele sugere que eu veja algo que eu acabei de ver. Acho que isso não está funcionando do jeito que deveria.

Nvidia Shield

A outra metade da Android TV é formada por seus apps, e a situação por aqui talvez esteja melhorando. No momento, ainda não temos acesso à maioria dos apps Android, apenas alguns de uma pequena lista. Mas temos muito mais apps hoje do que há seis meses, e muitos estão vindo aí: o Google anunciou apps de CBS, Fox, Epix, WWE, UFC, USA Today, Vimeo, Vudu e Twitch, além do relançamento do SlingTV. E o Google promete uma loja com curadoria para oferecer uma experiência melhor para o Android TV no futuro.

Nvidia Shield

A busca por voz funciona por todos os apps, e você pode assistir Pumping Iron gratuitamente no Crackle em vez de pagar US$ 3 por ele na Google Play Store. Infelizmente, o Netflix ainda não foi incluído na busca por voz por algum motivo.

Mas vamos falar sobre o mais importante no Nvidia Shield: jogos.

Jogos para Android

Nvidia Shield

Crysis ainda não foi lançado, então não conseguimos testar os limites do Shield. Mas com grandes ports de PC como Doom 3 BFG, Trine 2 e The Talos Principle, o processador Tegra X1 mostrou que é realmente impressionante. Claro que não falamos em nada parecido com o que PCs potentes, PS4 ou Xbox One conseguem fazer, mas podemos ter alguns títulos relativamente próximos ao PS3 e Xbox 360 em detalhes. É realmente muito empolgante.

Claro, nem tudo é perfeito. O Shield de 16 GB tem apenas 10 GB disponível para ser usado… e alguns desses jogos ocupam entre 2 GB e 5 GB. Você vai precisar ao menos de um cartão micro SD. Felizmente, eles não são muito caros atualmente.

Nvidia Shield

Ao adicionar um microSD de 8 GB, consegui instalar e jogar Doom 3, War Thunder, Luftraisers, Hotline Miami, Half-Life 2: Episode 1, Trine 2, Garou: Mark of the Wolves, Dead Trigger 2, Modern Combat 5, Asphalt 8, Sky Force: Anniversary, e Goat Simulator antes de ficar sem espaço livre. Nada mal.

Outro problema: você acreditaria que eu listei praticamente todos os grandes jogos disponíveis no momento para a Android TV?

Nvidia Shield

Existem três formas diferentes de se baixar jogos para Android no Shield, e cada uma delas é problemática por si só. Por que a Google Play Store só lista Modern Combat 4, quando Modern Combat 5 também pode ser jogado? Por que Final Fantasy III e não Final Fantasy IV, sendo que os dois funcionam muito bem com controle?

O pior de tudo é que o Google não permite que você instale alguns jogos perfeitamente compatíveis sem precisar fazer uns esquemas por fora. Sonic the Hedgehog 2 é um clássico espetacular que pode ser jogado com um gamepad ou até um controle remoto de mídia. Ele roda perfeitamente no Shield. Mas, para o Android TV, ele é incompatível. E, se quiser instalá-lo, precisará baixar a APK por fora e colocá-la dentro do aparelho…

Nvidia Shield

Terceiro grande problema: se seus jogos precisarem baixar arquivos de dados gigantes da internet depois de serem baixados, bem, problema seu: nesse caso, a Nvidia não consegue mover os arquivos para o microSD. Mesmo que seu SD seja gigante, você pode chegar a uma situação em que o armazenamento interno chegou ao seu limite e você não pode mais instalar jogos grandes.

O Google diz que o problema da descoberta de jogos do Android TV está sendo consertado, e a Nvidia busca uma forma de mover esses arquivos enormes para o cartão microSD.

Esses problemas todos servem de explicação para a Nvidia não chamar o Shield de console de jogos, e sim de set-top box: o Android TV não está pronto para ser uma plataforma real de jogos.

Streaming

Nvidia Shield

Felizmente, o Shield não se limita a jogos Android. Se você tiver uma conexão boa com a internet (e estiver nos EUA, Canadá, Japão ou Europa), pode usar o serviço Nvidia Grid de jogos na nuvem. Ou, se a sua internet doméstica for ótima e seu computador tiver uma placa gráfica GeForce recente, você pode fazer streaming de jogos do seu PC para ele também. A Nvidia vem trabalhando nessa tecnologia há algum tempo, e ela está cada vez melhor.

Você precisa de uma boa conexão com a internet e um roteador Wi-Fi 802.11ac, que não é lá muito barato. Mas com isso você consegue testar tecnologias como PlayStation Now, Steam In-Home Streaming e o Nvidia Grid, e estou bem confiante em dizer que o serviço da Nvidia é um dos melhores que testei. A nova caixa é equipada com Wi-Fi 802.11ac 2×2, e frequentemente eu conseguia rodar jogos em 1080p e 60fps mesmo em conexão sem fio.

É perfeito? Definitivamente não. Eu vi alguns engasgos ocasionais, um pouco de lag, e não acho que confio na tecnologia para multiplayers competitivos ou que exigem reflexos rápidos como Dark Souls II. Mas definitivamente considero a possibilidade de fazer streaming de Grand Theft Auto V na minha TV. É bem conveniente não precisar carregar meu computador até a sala de estar para fazer isso.

Nvidia Shield

E a Nvidia adicionou alguns recursos bem legais na Android TV para seu cliente de streaming rodar perfeitamente do sofá da sala: você pode ativar controles múltiplos (consegui jogar Monaco em três pessoas com um controle Shield e dois do Xbox 360) e correção de imagem para que ela não fique além da moldura da sua TV. Precisa acessar o Steam, ou tem um teclado e mouse por perto, para inserir uma senha em um PC remoto? Segure o botão start e veja todos os periféricos virtuais de que você precisa.

Notas de teste

  • Sério, você precisará de um cartão microSD bem grande logo que começar a instalar seus jogos. O Shield não curte muito ficar sem espaço livre. Passei por diversas travadas e reinicializações quando fiquei sem espaço interno. A Nvidia diz que isso será consertado, mas não sei exatamente quando.
  • O Shield tem suporte a formas diferentes de streaming – como o Twitch, que é bastante integrado ao sistema – assim você consegue fazer streaming das suas jogatinas ao vivo pressionando apenas o botão voltar. Não testei para saber como funciona.
  • Streaming em 4K é muito bom, mas nem todo 4K é igual. O Netflix usa o H.265, que é bem mais nítido do que a tecnologia VP9 do YouTube.
  • Não espere conseguir jogar em 4K. Mesmo PCs mais robustos para jogos sofrem com isso.
  • Assim como outros dispositivos com Android TV, o Shield também funciona como um Chromecast. Assim, você consegue selecionar o que quer ver do smartphone e mandar para a TV.
  • O Shield tem suporte a diversos codecs de vídeo e outras maravilhas do home theater, e ele conta com o Plex. Também há um app do VLC para Android TV.
  • Eu realmente gosto bastante da busca por voz do Android TV, mas não pelo motivo que você deve pensar: é que eu acho bacana procurar por meus atores preferidos e encontrar um monte de vídeos aleatórios com eles. Mas, claro, você também pode perguntar a previsão do tempo e receber diversos outros tipos de respostas.
  • Você pode comprar um suporte vertical de metal que se mistura ao design angular do Shield por US$ 30. Não acho que eu compraria um, mas o Shield fica espetacular como o monolito de 2001: Uma Odisseia no Espaço.
  • A Nvidia ainda lançará uma versão de US$ 300 com HD híbrido de 500 GB e uma cópia de Borderlands. Esse HD provavelmente acabará com os problemas de armazenamento.

Vale a pena?

Nvidia Shield

Para quem precisa de um aparelho para streaming de mídia, e está disposto a desembolsar um pouco mais por um console que roda jogos de Android muito bem, sim.

Mas você tem certeza de que não prefere gastar um pouco mais e levar um Xbox One ou PlayStation 4? Tem certeza de que vai usar o Grid ou fará streaming de jogos de PC? Você acredita que a Nvidia vai se sair bem na tentativa de convencer o Google a levar jogos no Android mais a sério? Se você respondeu sim para todas essas questões, então sim, vale a pena.