Robô dançante é vendido para pesquisadores; versão barata chega em breve

O Keepon tem dançado e se infiltrado roboticamente nas nossas almas já há algum tempo, apesar de até o momento ser algo como um artesanato único. Mas agora os seus criadores abriram uma empresa – a BeatBots – para fabricar clones do carinha. O Keepon Pro será o primeiro produto, pesando seriamente no seu bolso por custar aproximadamente 30 mil dólares, voltado especialmente para instituições de pesquisa com o intuito de investigar interações humano-robô. No entanto, não se apavore com o preço: a empresa planejar simplificar o mecanismo e lançar uma versão com um precinho mais camarada. E se você está se perguntando que espécie de interação humano-robô o Keepon é capaz de realizar, clique em Mais para assistir a um vídeo dele em ação.

O Keepon tem dançado e se infiltrado roboticamente nas nossas almas já há algum tempo, apesar de até o momento ser algo como um artesanato único. Mas agora os seus criadores abriram uma empresa – a BeatBots – para fabricar clones do carinha. O Keepon Pro será o primeiro produto, pesando seriamente no seu bolso por custar aproximadamente 30 mil dólares, voltado especialmente para instituições de pesquisa com o intuito de investigar interações humano-robô. No entanto, não se apavore com o preço: a empresa planejar simplificar o mecanismo e lançar uma versão com um precinho mais camarada. E se você está se perguntando que espécie de interação humano-robô o Keepon é capaz de realizar, clique em Mais para assistir a um vídeo dele em ação.

Sair da versão mobile