Aqui está o robô-corredor da Toyota. A 7 km/h ele não vai ganhar provas de velocidade nas Olimpíadas, mas de qualquer forma esta coisa fica totalmente suspensa no ar por 100 milissegundos entre as passadas enquanto avança pelo chão. Isto, amigos, é a definição de correr.

Para comparar, o Asimo da Honda só consegue chegar a meros 6 km/h. Nós presumimos que a Toyota conseguiu espremer esse extra km/h através de um treino bastante puxado e com o que pode ser descrito como uma pequena dose de agressão física – o robô deles consegue se reequilibrar depois de ser empurrado, como você pode ver no vídeo.

Mas não se empolgue por poder empurrar um robô e não sofrer com isso. Rola um papo por aí que os robôs estão prontos para se levantar e matar a todos nós. [YouTube via Smart Machines]