Las Vegas, o lugar incrível que suga as almas, carteiras e dignidade das pessoas, também é um lugar muito fácil de se perder celulares. Você bebe, vai para festas e OPS. E quando um celular é perdido, quem usa serviços de localização para encontrá-lo parece sempre encontrá-lo no mesmo lugar: a casa de Wayne Dobson.

Só que Wayne Dobson, um aposentado de 59 anos, nunca roubou um celular. Na verdade, uma falha na operadora Sprint faz parecer com que o seu celular esteja dentro da casa de Dobson, mesmo que não esteja.

A situação ficou tão feia que Dobson colocou um aviso em casa, que diz:

NÃO HÁ CELULARES PERDIDOS AQUI!!

Este local dá uma falsa posição a “localizadores de celulares” devido a uma torre de celular atrás da casa. Entre em contato com a polícia de North Las Vegas e faça sua queixa.

NÃO HÁ CELULARES PERDIDOS AQUI!!

Nos últimos dois anos, o pobre senhor foi interrompido em todo momento do dia e noite (é Vegas, afinal) por pessoas gritando e acusando-o de roubar smartphones que ele nunca nem viu. E isso acontece de forma tão frequente que, nos fins de semana, Dobson dorme perto da porta, porque ele sabe que as pessoas virão bater à sua porta uma hora ou outra.

O problema começou em 2011, quando um casal chegou para reclamar. Depois, veio uma outra pessoa. E depois mais. Após algum tempo, as pessoas começaram a aparecer com tablets e laptops apontando a casa dele como a localização exata de seu celular perdido. Mas o aparelho nunca está lá. Ele diz: “Eu tenho 59 anos. Eu não me importo com esses animais de estimação tecnológicos que eles têm”.

E pior, a polícia às vezes vai para a casa dele depois que pessoas ao redor ligam para 911, telefone de emergência. É que as coordenadas GPS da chamada revelam a casa de Dobson como a origem (mesmo que ele não tenha ligado para 911).

Então qual é o motivo disso tudo? Porque esse local sempre dá problema? Pode ser uma torre de celular da Sprint nas proximidades, que estaria afetando as coordenadas de celulares na área – de fato, o problema está limitado a alguns clientes desta operadora. Mas especialistas acreditam que pode ser um problema no software da Sprint, que estaria “traduzindo coordenadas de forma incorreta para a casa de Dobson”. A operadora diz que vai investigar o caso.

Seja o que for, com certeza é muito ruim ser acusado de roubar celulares quando você não fez nada de errado. [LVRJ]