Nós já temos uma boa ideia de como será o próximo Moto G. A Lenovo também está preparando dois novos Moto X, e eles terão um design modular.

>>> Nova geração do Moto G deve ter câmera melhorada e NFC
>>> Próxima geração do Google Nexus terá dois smartphones feitos pela HTC

Evan Blass, famoso por sua conta @evleaks, escreve no VentureBeat que os dois modelos do Moto X se chamam internamente “Vector Thin” e “Vertex”.

O Vector Thin possui tela AMOLED de 5,5 polegadas e resolução Quad HD (2560 x 1440), processador Snapdragon 820, 3 GB ou 4 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. A câmera de 13 megapixels tem autofoco por laser, e possui estabilização óptica de imagem.

Com apenas 5,2 mm de espessura, o Vector Thin é extremamente fino, o que deixa um calombo de câmera e sacrifica a bateria – são apenas 2.600 mAh.

Enquanto isso, o Vertex traz uma tela AMOLED de 5,5 polegadas com resolução Full HD, Snapdragon 625, e combinações 2 GB/16 GB e 3 GB/32 GB de RAM e armazenamento. A câmera de 16 megapixels conta com autofoco por laser e por detecção de fase, aparentemente sem OIS.

O Vertex tem 7 mm de espessura e também um calombo de câmera; a bateria é mais respeitável, no entanto, com 3.500 mAh.

moto x 2016
Vertex e Vector Thin

Tanto o Vertex como o Vector Thin possuem corpo de metal e 16 buracos na parte traseira. Segundo Evan Blass, estes são conectores que permitem encaixar capas modulares, chamadas Amps. Isso inclui “alto-falantes estéreo; uma bateria; um acessório de câmera com flash e zoom óptico; um picoprojetor; e uma capa resistente com lente grande angular”.

É uma estratégia semelhante ao LG G5, que reabriu as portas para smartphones modulares. No entanto, os Amps não exigem que o usuário remova a bateria (que nem é removível): eles se prendem magneticamente ao aparelho, “fazendo uma conexão firme, segura e ao mesmo tempo permitindo uma fácil remoção”. Essas capas ficam no nível do calombo da câmera, deixando a traseira plana.

moto x 2016 2

A modularidade é um bom fator de diferenciação, porque esses não parecem dispositivos da Motorola. Não têm uma traseira curvada e confortável, nem um logotipo Moto para encaixar o dedo e melhorar a ergonomia – sem os Amps, ele seria apenas mais outro bloco de metal de vidro, um entre muitos.

E a parte frontal – agora com um leitor de impressões digitais – parece ter muito espaço sobrando abaixo da tela. É o bastante para colocar o logotipo da operadora Verizon em uma das renderizações. E isso provavelmente significa que a Lenovo removeu os alto-falantes frontais – algo que a HTC também fez com o novo smartphone HTC 10.

moto x 2016 3

Renderizações podem ser enganosas. Por exemplo, o calombo da câmera no Nexus 6P parecia gigantesco em imagens vazadas; mas na vida real, ele nem é tão perceptível assim. Talvez os novos Moto X sejam bonitos quando vistos ao vivo? Saberemos em breve: segundo o Droid-Life, eles serão anunciados oficialmente na Lenovo World em 9 de junho.

[VentureBeat]

Imagens por hellomotoHKcnBeta