Já estamos quase em setembro, o que significa que o evento anual da Apple para anunciar a sua leva de novos produtos também está chegando. Vazamentos anteriores sugeriram um conjunto de três câmeras para os novos iPhones, mas também parece que veremos alguns novos iPads e o maior MacBook Pro em anos, de acordo com um relato da Bloomberg. De qualquer forma, aqui está um resumo do que esperar quando o Apple Day chegar.

Primeiramente, os novos iPhones. A Apple está lançando três novos telefones sob o nome “Pro”, cada um deles para substituir o iPhone XR, XS e XS Max. Embora a nomenclatura exata ainda seja desconhecida, a publicação da Bloomberg confirma que o design da câmera quadrada polarizada é provável devido à adição de um terceiro sensor.

O sensor permitirá gravações em ângulo ultra-amplo, fotos de alta resolução e imagens melhores em ambientes com pouca luz. Adicionar um terceiro sensor significa que os novos iPhones tiram três fotos simultaneamente e usam AI para produzir uma foto “combinada” – portanto, teoricamente, não será um problema se você acidentalmente cortar uma pessoa da foto, por exemplo. Os telefones topo de linha também terão melhores recursos de vídeo, incluindo um recurso que permitirá retocar, adicionar efeitos, ajustar cores e cortar vídeos durante a gravação. Para a opção “que cabe no orçamento”, a Apple adicionará uma segunda câmera traseira.

Câmeras aprimoradas não são as únicas atualizações. A Bloomberg informa que você pode esperar ver o carregamento sem fio reverso, no qual é possível carregar dispositivos, como os AirPods, com o telefone – muito semelhante aos aparelhos Samsung Galaxy lançados no início deste ano. Em relação à parte interna, os telefones terão processadores A13 mais rápidos, ostensivamente para ajudar com recursos de realidade aumentada. Outros upgrades incluem FaceID multi-ângulo, melhor resistência à água e novas telas OLED que substituem o 3D Touch com “Haptic Touch”. Nenhum dos telefones estará pronto para o 5G, mas é possível que eles sejam lançados com cabos USB-C de carregamento rápido.

Algumas outras notícias interessantes: a Apple também está planejando um novo laptop grande. Espera-se que o novo MacBook Pro chegue com mais de 16 polegadas com minúsculos painéis. Em termos de tamanho, a Bloomberg informa que deve ser semelhante aos atuais MacBook Pros de 15 polegadas. As dimensões maiores são algo notável, já que é o maior laptop fabricado pela Apple desde que a empresa descontinuou o MacBook Pro de 17 polegadas em 2012.

Agora, todo o resto. No início deste ano, a Apple lançou um novo iPad Mini e o iPad Air. Para setembro, a empresa supostamente atualizará o iPad Pro e um iPad simples para escolas. Tanto os iPad Pros de 11 polegadas quanto os de 12,9 polegadas receberão câmeras e processadores atualizados, mas por outro lado, continuarão os mesmos. O iPad simples terá 10,2 polegadas, mas essa é a única informação que temos sobre ele.

Quanto aos wearables, o Apple Watch Series 5 não ganhar muito em termos de hardware. Este ano, parece que a Apple está se concentrando muito mais em atualizações de software via watchOS 6, a maioria dos quais foram anunciados anteriormente na WWDC. Os AirPods, no entanto, provavelmente verão uma alta nos preços, mas incluem resistência à água e cancelamento de ruído. Por fim, a Apple também se recusa a desistir do HomePod – ela supostamente está trabalhando em uma versão mais barata com apenas dois tweeters, em comparação aos sete presentes no HomePod atual.

Além dos produtos, os serviços de vídeo Apple TV + e o de assinatura de jogos Apple Arcade também poderão ser abordados no dia.

Saberemos mais no início de setembro. Quando exatamente? É muito provável que seja no dia 10 de setembro, já que a Apple geralmente realiza seu evento para a imprensa na segunda terça-feira ou quarta-feira do mês. (Ela também evita realizar eventos em 11 de setembro.) Isso é reforçado por um relato do 9to5 Mac, que observou que uma captura de tela do iOS 13 beta intitulado “Hold For Release” (“Em espera para divulgar”) mostrou a data de terça-feira, 10 de setembro. Enquanto isso, estamos apostando em quanto o iPhone 11 Pro Max, ou seja lá como ele for chamado, custará.