Num movimento nada esperado, Eric Schmidt está deixando seu cargo de CEO do Google e abrindo espaço para o co-fundador Larry Page. Schmidt agora ocupará o cargo de presidente executivo. Mas por quê? E por que agora?

De acordo com Schmidt:

Larry agora tocará o desenvolvimento de produtos e estratégias tecnológicas, suas áreas mais fortes, e a partir do dia 4 de abril ele comandará as operações diárias do Google como CEO. Com o novo cargo, sei que ele que irá mesclar de forma brilhante as visões tecnológica e mercadológicas do Google.

A terceira perna do triunvirato, Sergey Brin, ficará no posto de co-fundador, com foco em novos produtos.

Esse é o posicionamento oficial do Google. Mas Schmidt já deu a entender como as coisas estavam neste tweet:

É difícil imaginar que Schmidt já tenha se imaginado num cargo menor, principalmente por estar no Google há uma decada. E, sendo realista, ele continuará exercendo grande parte de suas tarefas “adultas” em seu novo cargo, focando “em negócios, parcerias, relações comerciais e com consumidores, contatos com o governo e liderança tecnológica que estão crescendo cada vez mais, graças ao alcance global do Google”. Sabe como é, coisa de gente grande. [Google]