A internet das coisas, na qual todos os nossos gadgets estão ligados a conexões de dados, trará algumas desvantagens terríveis junto com suas conveniências. Nós fomos abençoados com um lembrete deste futuro desagradável na segunda-feira (17), quando a conta do Twitter da Samsung para suporte ao cliente publicou um guia de como realizar uma varredura de segurança em sua televisão. Em seguida, a Samsung excluiu o tuíte.

Entramos em contato para saber exatamente por que o tuíte, que foi descoberto pela primeira vez pelo The Verge, foi excluído porque, por mais horrível e apocalíptico que pareça executar uma verificação de vírus em uma TV, isto está se tornando cada vez mais necessário, dada a complexidade dos modernos sistemas operacionais de TV. Você deveria adicionar sua TV à lista de dispositivos que precisam se manter ativamente com atualizações de segurança.

Uma captura de tela do tuíte excluído. Captura de tela: Twitter

Tradução: Escanear seu computador para detectar vírus malware é importante para que ele continue funcionando bem. Isso também deve ser feito em sua QLED TV se ela estiver conectada ao Wi-Fi! Evite ataques de softwares maliciosos na sua TV escaneando de semana em semana. Saiba como

Nem todas as TVs da Samsung usam o mesmo sistema operacional de smart TV. Portanto, isso parece se aplicar apenas à linha do QLED que custa a partir de US$ 700 no caso de um aparelho 4K de 43 polegadas.

No tuíte excluído, a Samsung leva você pelo processo de verificação passo a passo. Felizmente, parece ser fácil de fazer, de acordo com o vídeo publicado pela Samsung. Basta acessar as configurações gerais, escolher gerenciamento de sistema e, em seguida, segurança inteligente e clicar em escanear. Não é como se você precisasse baixar um serviço totalmente novo ou pagar por um ou lidar com os desagradáveis ​​pop-ups do McAfee ou Norton. Mas você ainda precisa manter sua TV QLED da Samsung atualizada e escaneá-la regularmente (não parece haver uma opção para agendar o escaneamento).

Eu não preciso dizer que uma realidade na qual precisamos constantemente examinar nossa legião constantemente em expansão de dispositivos conectados à internet é muito desagradável. Ninguém quer executar uma varredura em busca de vírus na TV. A maioria das pessoas dificilmente faz isso em laptops e telefones.

As verificações de vírus não são o primeiro resultado terrível do futuro da internet das coisas que a Samsung e outras empresas estão competindo para oferecer. Anos atrás, a Samsung teve que se desculpar porque uma política de privacidade sugeria que ela pudesse coletar dados de áudio confidenciais de seus usuários. No ano passado, a Consumer Reports descobriu que os hackers poderiam potencialmente controlar qualquer TV QLED da Samsung, permitindo que eles mudassem de canal, volume ou reproduzissem vídeos indesejados do YouTube. Agora, há esse lembrete amigável, ainda que excruciante, de que sua TV também está vulnerável a ataques de softwares mal-intencionados.

É o suficiente para fazer uma pessoa optar por uma TV não-inteligente. Aquela velha TV de tubo que meus pais tinham e que era tão pesada quanto um carro, mas que eu nunca precisei me preocupar em escanear em busca de um vírus.

Quanto ao motivo pelo qual a Samsung decidiu nos lembrar de nossa tragédia, apenas para remover o lembrete em menos de quatro horas – não há nenhuma explicação ainda. Entramos em contato com a Samsung para esclarecer o assunto e atualizaremos quando tivermos mais informações.