O celular dobrável da Samsung provavelmente se chamará Galaxy F, será lançado em março de 2019 e custará os olhos da cara. As informações são da agência de notícias sul-coreana Yonhap, que disse ter conversado com fontes da indústria.

• O que se sabe sobre o smartphone dobrável da Samsung
• Usar smartphones enormes será menos difícil com a nova interface da Samsung

De acordo com a reportagem, o Galaxy F custará US$ 1.770 – basicamente, um novo recorde de mercado. Fazendo umas contas rápidas (e nada precisas), podemos esperar que o produto ultrapasse os R$ 10 mil no Brasil, se a companhia usar tabelas de preço à la Apple. O iPhone mais caro dos EUA, modelo Xs Max de 512 GB, custa US$ 1.499, que no Brasil ganhou o valor de R$ 9.999.

É provável que a Samsung o coloque como um produto exclusivo, com uma produção em menor escala do que o comum. A agência diz que a fabricante sul-coreana ainda não definiu o preço final, mas a expectativa da empresa é de vender um milhão desses dispositivos em 2019.

Por fim, a reportagem diz que a marca devera incluir suporte à tecnologia 5G no Galaxy S10, que deve ser lançado em fevereiro, durante a Mobile World Congress, que acontece em Barcelona. O Galaxy F virá pouco depois, sem suporte a essa tecnologia.

[Yonhap, The Verge]