O Galaxy Tab, tablet de 7” da Samsung que roda Android, deve chegar já em outubro ao mercado brasileiro pelo preço de R$ 2.699. Ele terá uma vantagem (cara) em relação aos seus concorrentes internacionais (que também não sairão barato): TV digital. As informações foram dadas por Silvio Stagni, vice-presidente da Divisão de Telecomunicações da empresa ao Estadão.

Nós já mexemos no Galaxy Tab na IFA (impressões aqui) e de forma geral, gostamos do que vimos. Mas, mesmo com a vantagem da TV, câmera e a possibilidade de fazer ligações (!), ainda achamos que ele está longe da concorrência, especialmente por esse preço, já que, pelas nossas conversas com gente da indústria, o iPad deve chegar aqui entre R$ 1.500 e R$ 2.300, dependendo da versão. De todo modo ele deve interessar a A) pessoas que querem muito um tablet B) Não gostam da Apple e C) Têm muito dinheiro sobrando.

As vendas do Galaxy Tab, que ainda não foi homologado pela Anatel, darão uma ideia de qual o tamanho da interseção desses conjuntos. É bom ter competição no mercado e tal, mas não acho que essa estratégia, com um preço alto, resulte num iPad killer. [Estadão]