Provável primo pobre do Galaxy S II, o Samsung Galaxy Z é um smartphone bacana anunciado por uma operadora sueca. Não há previsão de que ele se espalhe por vários países — ele é o primo pobre, oras — mas, apesar de mais modesto, ele tem uma configuração boa e deve ser mais palatável ao bolso dos suecos.

Apesar de manter a tela de 4,2 polegadas, ela é de LCD, e não de Super AMOLED. A câmera também saiu dos 8MP para 5MP, o espaço interno é de 8GB (contra 16GB do irmão famoso) e, curiosamente, o processador Exynos, da própria Samsung, foi substituído por um Tegra 2 de 1GHz.

A operadora sueca Three anunciou o aparelho com exclusividade, mas ele custará a bagatela equivalente de US$630 — ele pode ser o primo pobre, mas de um aparelho que custa por aqui 2 mil reais, oras. Ficamos na expectativa de vê-lo em novos países, mas a chance de chegar ao Brasil é mínima. [Android and Me]