Se você já viu alguma propaganda da Samsung que mostra um celular à prova d’água em ambientes que envolvem piscinas ou praias, saiba que você pode correr o risco de perder seu aparelho se acreditar que o que está sendo representado se aplica à vida real.

Para impedir que os consumidores continuem a ser enganados, a Australian Competition and Consumer Commission (ACCC) está processando a Samsung pela propaganda enganosa. A comissão analisou mais de 300 anúncios da empresa para entrar com a ação e afirma que essa prática tem ocorrido desde 2016.

A ACCC observa que, segundo a própria Samsung, seus aparelhos têm resistência à água IP68, o que significa que eles podem ser utilizados a até 1,5 metros de profundidade por 30 minutos. No entanto, essa classificação não inclui água salgada e nem a de piscinas. O próprio site da Samsung recomenda que as pessoas não utilizem o Galaxy S10 em piscinas ou na praia, diz a comissão.

Ainda assim, contraditoriamente, os anúncios da Samsung continuam representando seus celulares nesses mesmos ambientes inapropriados para a vida útil do aparelho. A ACCC acusa a empresa de “mostrar os celulares Galaxy sendo usados em situações que não deveriam com o objetivo de atrair consumidores”.

A Samsung declarou à Reuters que vai defender seus anúncios e lutar contra a acusação. Mas, se a empresa perder o caso e for considerada, de fato, culpada pela propaganda enganosa, ela poderá ser punida com uma multa relativamente alta.

[BBC, The Verge]