É como que as fabricantes de eletrônicos queiram sempre miniaturizar componentes o máximo que podem. E esse é caso do novo sensor Isocell JN1 de 50 MP da Samsung que, segundo a empresa, é um dos menores sensores de imagem com os menores pixels de foto do mundo.

O componente mede apenas 0,64 micrômetros em um formato minúsculo ele 1/2,76 polegada, podendo ser usado tanto na parte traseira quanto frontal e um celular. O tamanho extremamente reduzido permite que câmeras, por exemplo, tenham mais pixel e resolução sem ocupar espaço adicional no smartphone. Como resultado final, os aparelhos podem ficar até 10% mais finos.

A Samsung diz que o JN1 também vem com tecnologia Isocell 2.0, que a empresa afirma melhorar a sensibilidade à luz em cerca de 16% Tem ainda o autofoco Double Super PD, que possui microlentes ovais especiais encaixadas em pares de pixels próximos para detectar rapidamente quando você mudar de cena durante uma captura. A Samsung diz que isso permite que o JN1 ofereça o mesmo desempenho de autofoco rápido em comparação aos sensores da geração anterior, que por sua vez tinham 60% menos luz.

Agora, quando se trata de fotografia com pouca luz, pixels de fotos menores normalmente não são uma coisa boa, já que um sensor/pixel menor captura menos luz. Muitas vezes, isso acaba resultando em imagens de qualidade inferior e com muita granulação.

Só que as coisas são diferentes com o sensor JN1. Usando tecnologia quad-pixel, que combina quatro pixels próximos de 0,64 micrômetro em um pixel grande de 1,28 micrômetro com pouca luz, o componente ajuda a aumentar a sensibilidade geral à luz, criando fotos noturnas com menos ruído. Esse processo resulta em fotos de 12,5 MP com resolução mais baixa, abaixo de suas fotos normais de 50 MP.

Captura de tela: Samsung

Além disso, a Samsung diz que o JN1 tem a tecnologia Smart-ISO, que pode ajustar o ganho de conversão do sensor dependendo do ambiente. Em luz forte, o modo de ISO baixo ajuda a preservar os destaques e detalhes em pontos brilhantes. Em ambientes mais escuros, o modo de ISO alto reduz o ruído e melhora o desempenho geral com pouca luz.

Assine a newsletter do Gizmodo

Segundo a Samsung, o sensor JN1 já começou a ser produzido em larga escala, o que significa que poderemos ver a novidade mais cedo do que imaginamos em futuros aparelhos da fabricante.