Samsung e Motorola anunciaram seus resultados no acalorado quarto trimestre de 2011. Champagne aberta para os coreanos: a empresa obteve lucro operacional recorde de US$4,7 bilhões e vendeu quase o mesmo número de smartphones que a Apple. Já a Motorola, adquirida pelo Google, não tem muitos motivos para comemorar: a empresa fechou o trimestre no vermelho e viu a venda de smartphones diminuir.

O lucro da Samsung deve bastante à divisão de smartphones da empresa: sozinha, ela gerou US$2,35 bilhões de lucro entre outubro e dezembro. Mas como virou regra da empresa, os coreanos não liberaram o número de aparelhos vendidos no período. Mas números da Strategy Analytcs indicam que a empresa vendeu 36,5 milhões de smartphones — cerca de meio milhão a menos do que a Apple, mostrando que a disputa entre as duas empresas será deveras acirrada nos próximos trimestres. O lucro total foi 76% maior do que o mesmo trimestre no ano anterior.

Já a Motorola teve problemas no último trimestre. Se no mesmo período de 2010 a empresa vendeu 11,3 milhões e fechou o ano com um pequeno lucro de US$100 milhões, o último trimestre de 2011 foi mais complicado: a venda de smartphones caiu para 10,5 milhões, a empresa perdeu US$80 milhões e a foram vendidos míseros 200 mil tablets da Motorola no período (entre Xoom, Xoom 2 e Media Edition). No mesmo período, a Apple vendeu 15 milhões de iPads. Veremos se a mão do Google ajudará a empresa em 2012 — caso contrário, prevemos medidas radicais nos próximos meses. [Reuters e 9to5Google]