De acordo com o Hareetz, de Israel:

Na última semana, uma contrabandista de smartphones estava usando roupas típicas da Geórgia e andando com dificuldades, chamando a atenção de oficiais do aeroporto. Quando eles abordaram a mulher israelense, ela afirmou que não estava se sentindo bem.

Eles concordaram em acompanhá-la ao ambulatório, mas disseram que ela deveria primeiro passar pelo scanner corporal. Os oficiais ficaram chocados ao descobrir que, por baixo dos panos da roupa tradicional, a mulher escondia nada menos do que 44 iPhones em sua meia-calça. Mais tarde, ela foi liberada e uma decisão será tomada esta semana sobre a possibilidade de indiciá-la ou enviar o caso à comissão que determina multas.

E é por isso mesmo que eu ando de trem quando quero contrabandear alguma coisa em minhas calças. [Hareetz via MSNBC]

Crédito da imagem: Fabcom