Sensor da GE sem bateria pode revolucionar tecnologia RFID

O novo sensor da GE, que funciona sem bateria, pode ser o estímulo que a tecnologia de identificação por radiofreqüência (RFID) precisa para corresponder ao seu potencial. A plataforma usa uma tag RFID coberta por um filme sensitivo química ou biologicamente que puxa energia sem fio de um dispositivo handheld. Naturalmente, eliminar baterias significa que os fabricantes podem fazer sensores menores (como você pode ver na imagem acima) a um custo mais baixo. Com sorte, a tecnologia pode levar a aplicações de rastreamento e troca de informações a um maior número de indústrias. [Gizmag]

O novo sensor da GE, que funciona sem bateria, pode ser o estímulo que a tecnologia de identificação por radiofreqüência (RFID) precisa para corresponder ao seu potencial. A plataforma usa uma tag RFID coberta por um filme sensitivo química ou biologicamente que puxa energia sem fio de um dispositivo handheld. Naturalmente, eliminar baterias significa que os fabricantes podem fazer sensores menores (como você pode ver na imagem acima) a um custo mais baixo. Com sorte, a tecnologia pode levar a aplicações de rastreamento e troca de informações a um maior número de indústrias. [Gizmag]

Sair da versão mobile