A seqüência de boot do Linux visualizada

A maior parte de nós não aprecia os envolvidos na seqüência de boot do nosso sistema operacional; ficamos muito mais interessados em ver aquela barra de status ser preenchida. Nesta visualização da seqüência de boot do Linux, cada função é um nó e cada linha conectando os nós representa uma chamada, uma ramificação direta ou uma ramificação indireta. A imagem em si foi criada por um algoritmo que interpreta o processo como um sinal elétrico. Portanto, se entendemos isto direito, é quase como se estivéssemos olhando pelas trilhas cerebrais que fazem o boot do Linux (ai, vocês viciados em ciência da computação vão fazer a festa com esta analogia). [Perry Hung via MAKE]

A maior parte de nós não aprecia os envolvidos na seqüência de boot do nosso sistema operacional; ficamos muito mais interessados em ver aquela barra de status ser preenchida. Nesta visualização da seqüência de boot do Linux, cada função é um nó e cada linha conectando os nós representa uma chamada, uma ramificação direta ou uma ramificação indireta. A imagem em si foi criada por um algoritmo que interpreta o processo como um sinal elétrico. Portanto, se entendemos isto direito, é quase como se estivéssemos olhando pelas trilhas cerebrais que fazem o boot do Linux (ai, vocês viciados em ciência da computação vão fazer a festa com esta analogia). [Perry Hung via MAKE]

Sair da versão mobile