Um dos mistérios mais intrigantes no Reino Unido é como surgiu o Stonehenge, o círculo pré-histórico de pedras na Inglaterra. Nós sabemos que foi há cerca de 4.500 anos, e que as pedras vieram do País de Gales, a 250km de distância… mas como?

Claro, na época não era tão fácil transportar coisas – especialmente não 60 diábases que dizem pesar entre duas e quatro toneladas cada. Várias teorias foram lançadas ao longo dos anos para explicar como as pedras foram transportadas, incluindo: trenó, jangadas ao longo dos rios, e que Merlin usou sua mágica para reunir as pedras lá.

Esta semana, o engenheiro e ex-apresentador da BBC, Garry Levin, testou a teoria dele de que cestos de vime feitos com salgueiro foram usados para rolar as pedras pelos 250km que separam a pedreira em Preseli Hills, no País de Gales, até Salisbury, na Inglaterra. Ele fez um cesto desses, usando espécimes novas de salgueiro e amieiro, e recrutou vários amigos para ajudar a rolar uma pedra de uma tonelada no chão.

Ele acredita que bois podem ter ajudado a rolar os cestos em alguns trechos, e que as pedras poderiam ter flutuado na água, rio abaixo. Mas Lavin tem certeza de que os cestos exerceram um grande papel na formação do Stonehenge – e dado que ele já está construindo um megacesto para mover uma pedra de cinco toneladas, nós provavelmente saberemos a resposta em breve. A menos que aliens decidam surgir e mostrar como eles fizeram o Stonehenge. [Daily Mail; primeira imagem via Wikipédia]