Por conta da adoção dos mais novos e modernos padrões da web, o Internet Explorer 9 da Microsoft está pronto para a nova geração de websites compatíveis com a linguagem HTML5, que traz maior suporte gráfico (com vídeos direto no navegador sem precisar instalar um plug-in, por exemplo) e a capacidade de rodar aplicativos e serviços online sem sair do navegador. A Microsoft diz que o IE9 é o navegador mais compatível com padrões de mercado a ser lançado, como HTML5, SVG e CSS3, entre outros. Mas como saber qual teste – entre inúmeros disponíveis na web – é o correto e podemos ter certeza dos números?

Aqui temos que separar duas entidades distintas: o W3C e os testes criados pelos inúmeros desenvolvedores independentes que geram resultados muitas vezes aleatórios sobre os navegadores. O W3C é o World Wide Web Consortium (w3.org), que propõe e testa os novos padrões para a web – como o CSS3 e o HTML5 – em parceria com uma comunidade de desenvolvedores, organizações e público em geral. Se o HTML5 vai ter ou não vídeo, por exemplo, é uma decisão do W3C.

Já os demais sites que oferecem testes de padrões da web, como AcidTest e HTML5Test, são criações independentes de desenvolvedores e até podem seguir as orientações do W3C, mas não são a palavra final. Por isso, muitas vezes quando se fala que o Internet Explorer 9 foi aprovado pelo W3C mas “deu erro” no AcidTest, a questão problemática é o AcidTest, não o navegador avaliado.

padroes-post11_0

Para efeito de comparação, o teste de HTML do W3C traz 97 testes “aprovados” até o momento, mas para certificar todo o processo são necessários mais de 900 tipos distintos de testes.

Curioso para ver sites em HTML5 e CSS no seu dia a dia? Se você possui o Windows Vista ou Windows 7, baixe o IE9 em www.internetexplorer9.com.br.