Com 9000 LEDs, um pouco de supercola e magia de natal, a Siemens e o artista Michael Pendry se juntaram para transformar uma turbina de vento perto de Munique na "maior estrela de natal giratória do mundo". Ela usa tanta eletricidade quanto um secador de cabelo.

A Siemens SuperStar, que ficará rodando e girando até o dia 6 de janeiro, foi concebida como um projeto para celebrar a energia sustentável e a inovação verde.

Os 9000 LEDs OSRAM da SuperStar emitem o equivalente a 22.000 velas, brilhando em uma variedade de cores e padrões. Fotografia de de longa exposição foi usada para capturar o espetáculo da forma como vemos na imagem acima, lembrando muito a estrela recentemente criada por alienígenas na Noruega. O vídeo abaixo documenta o processo de construção da estrela e e mostra um pouco dela em ação.

O prefeito de Munique, Christian Ude, tem sido um apoiador entusiasmado do espetáculo ecologicamente correto desde o início e espera que a sua cidade seja a primeira do seu tamanho a obter toda a sua energia necessária de fontes renováveis. [Siemens via Inhabitat]