Se você utiliza algum bloqueador de anúncios em seu navegador já deve ter visto pop-ups de sites que pedem para você desabilitar o recurso, seja para poder acessar o conteúdo ou apenas para ajudar a manter o site. O site americano Salon adota essa estratégia e agora tem uma alternativa para quem que não quer ver publicidade: minerar criptomoeda.

• Como evitar que o Pirate Bay e outros sites sequestrem seu PC para minerar criptomoedas
• The Pirate Bay ‘rouba’ a CPU de usuários para minerar criptomoeda

Ao visitar a página do Salon com um bloqueador de anúncios ativado, surge uma janelinha que pede para desabilitá-lo ou “bloquear a publicidade permitindo que o Salon utilize o poder de processamento ocioso do seu computador”.

Essa é a primeira vez que um veículo popular adere a mineração de criptomoedas. Outros sites já utilizaram ferramentas de mineração, mas não eram transparentes com os leitores.

De acordo com um artigo de perguntas e respostas do veículo, a iniciativa busca minimizar os prejuízos financeiros causados pela queda de visualizações de publicidade. “Assim como acontece com a maioria dos sites, os bloqueadores de anúncios cortam muito a nossa receita e cria uma relação unilateral entre o leitor e o veículo”, escrevem.

Eles afirmam ainda que se trata de um teste e que a mineração é opcional para o leitor e, portanto, é seguro. A moeda escolhida foi a Monero. Além disso, a mineração “gasta uma pequena porcentagem do poder de processamento para contribuir com o avanço da descoberta tecnológica, evolução e inovação”. Parece bonito, né? Mas não é exatamente uma pequena porcentagem.

O pessoal do ArsTechnica deu uma olhada no uso de processamento e em uma máquina com um Intel Core i7 Skylake os resultados são expressivos: ao navegar no site cerca de 24% da CPU estava ociosa e após desabilitar a mineração a taxa voltou para cerca de 75%. Fiz os testes em um MacBook Air com Intel Core i5 de 1,6 GHz e a taxa de processamento também ficou bem alta. Não sobrou poder de processamento e o notebook ficou quente:

Apesar disso, a máquina continuou funcionando bem. Mas certamente eu não ficaria navegando por muito tempo desconectado de uma tomada, a bateria seria sugada em pouquíssimo tempo. Ao encerrar o processo da página, 85% da CPU voltar a ficar ociosa e o computador esfriou.

Quem não quiser ver anúncios, nem trocar o processamento do seu computador pelo acesso, fica sem acesso ao conteúdo. O Salon não oferece atualmente um plano de assinatura, mas afirma que pretende lançá-lo em breve em um aplicativo para celulares e tablets.

[ArsTechnica]

Imagem do topo: AP