por Bruno Izidro

Imaginem pilotar um mecha em uma competição que, de alguma forma, envolva fazer gols ou, ainda, explorar uma floresta e do nada estar rodeado por dinossauros. Essas são ideias que nem poderiam chamar tanta a atenção se fossem jogos comuns, mas dentro de uma experiência de realidade virtual, logo ficam mais interessantes.



Os dois exemplos acima são de alguns dos jogos que a Sony apresentou para o seu ex-project Morpheus (que a gente, inclusive, testou), agora rebatizado de PlayStation VR, durante a conferência da empresa no evento Paris Games Week, que está rolando essa semana.

Mechas Esportivos

O primeiro jogo mostrado não chega a ser uma novidade. RIGS – Mechanized Combat League já estava E3, mas agora temos mais detalhes sobre o jogo. Ele é descrito como um FPS de arena e os jogadores pilotam os “RIGS” em uma espécie de esporte futurista, que envolve atirar nos outros e entrar em lugares específicos para fazer gol.

Apesar de jogos VR terem o problema de somente olhando trailers não ser o suficiente para saber como é a experiência, a Sony divulgou um vídeo para dar uma ideia de como é o gameplay de RIGS.

Montanha Russa do Terror

Depois de surpreender até mesmo a Sony por ter sido bem recebido pelos jogadores (incluindo a gente), o game de terror Until Dawn agora vai ganhar uma experiência VR com Rush of Blood, um game completamente novo para o PlayStation VR.

Em um post no PlayStation Blog, o produtor executivo da Supermassive Games, Simon Harris, explica que Rush of Blood começou no meio do desenvolvimento de Until Dawn, mas com uma jogabilidade bem diferente, já que ele é um shooter arcade “sobre trilhos”, onde o personagem está em um carrinho de montanha russa e passa por vários cenários e encontra figuras que remetem ao game recentemente lançado.

playstation_vr_until Dawn

O produtor também fala que a característica mais marcante de Until Dawn, as escolhas que devem ser feitas para mudar a história, também estará presente em Rush of Blood.

Crise de Dinossauros

Tanto RIGS quanto Rush of Blood serão exclusivos para PlayStation VR, mas a Sony também está com parcerias com outros estúdios para desenvolverem para o seu futuro aparelho VR, entre eles está a Crytek.

A criadora de Crysis aproveitou a conferência para mostrar Robinson – The Journey, um novo jogo de exploração onde o garoto que dá nome título acaba caindo em um planeta desconhecido e precisa interagir e conhecer o lugar em que está. É aí que entram os dinossauros.

Não é preciso dizer que o  que foi mostrado impressiona bastante e se somente no trailer o tiranossauro rex já causa arrepios, imagina isso em realidade virtual. Fora que o jogo está bem bonito e rodando na CRYENGINE da própria Crytek.

Esses foram só os games voltados exclusivamente para serem jogados no aparelho VR da Sony, mas a empresa também confirmou que jogos anunciados para PS4 na mesma conferência, como Tekken 7 e Gran Turismo Sports, terão compatibilidade também com o PlayStation VR. Fora outros já prometidos tanto para ele quanto para Oculus Rift, como EVE Valkyrie.

Até agora a Sony vem apresentando o seu aparelho de realidade virtual em feiras e eventos com experiências que estão mais para tech demos do que propriamente jogos, como The London Heist, mas, com essas novidades, ela já nos mostra quais os tipos de experiências que poderemos ter quando o aparelho for lançado — que, por enquanto, são bem animadoras. Infelizmente nada foi revelado sobre data específica de lançamento ou mesmo o preço do PlayStation VR.