Minha parte favorita do anúncio do Sony Reader foi provavelmente o Library Finder, que usará a rede OverDrive para acessar e-books de bibliotecas locais – são “milhares” – gratuitamente. Mas tem uma coisa.

Não há um número ilimitado de e-books – cada biblioteca tem um “estoque” de livros eletrônicos (pois ela precisa pagar por cada cópia). Então, se uma biblioteca tem um estoque de cinco livros, e todos eles foram “retirados”, o usuário precisa esperar na fila até que alguma cópia retorne – os livros expiram automaticamente em 21 dias. Quando uma cópia fica disponível, o interessado recebe um e-mail e pode retirar o livro. Também é necessário ter um cartão da biblioteca, então quem mora em Montana não pode (ao menos teoricamente) retirar livros da biblioteca pública de Nova York, por exemplo.

De qualquer maneira, no geral, deve ser bem legal se funcionar como o prometido – livros gratuitos de bibliotecas no leitor de e-book.

Imagem via Hibino/Flickr