A SpaceX, empresa de transporte espacial do bilionário Elon Musk, anunciou nesta segunda-feira (1°) os planos para lançar ainda este ano a Inspiration4, sua primeira missão de turismo espacial. O projeto usará a cápsula Dragon e o foguete reutilizável Falcon 9, que decolará a partir do Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

Um dos tripulantes já está definido: Jared Isaacman, fundador e chefe da empresa Shift4Payments. O executivo vai doar três outros assentos para “indivíduos do público em geral, cuja identidade será anunciada nas próximas semanas”, segundo o comunicado oficial. Uma vaga será direcionada para um profissional de saúde da Fundação St. Jude, que atua no combate ao câncer infantil, e uma outra vaga para quem fizer uma doação à entidade. A terceira e última vaga vai premiar quem compartilhar uma história empreendedora de sucesso.

O logotipo da missão Inspiration4. Imagem: SpaceX

Todos passarão por um treinamento comercial de astronautas da SpaceX. Isaacman, que possui centenas de horas de voo, já está licenciado para voar tanto em aeronaves comerciais quanto militares, e será o responsável pelo comando da missão. A viagem de ida e volta deve durar entre dois a quatro dias. Dentro desse período, a cápsula vai completar uma órbita na Terra a cada 90 minutos, até retornar para a atmosfera e pousar na costa da Flórida. Detalhes mais técnicos, como a altura e até qual distância a cápsula vai atingir, ainda precisam ser acertados.

Quem estiver interessado em participar pode se cadastrar site inspiration4.com, mas apenas maiores de 18 anos e residentes dos Estados Unidos estão aptos para inscrição. Além disso, os selecionados devem ter menos de 198 cm de altura e pesar menos de 113,4 kg. A ideia é que o lançamento da missão aconteça no segundo semestre de 2021, mas caso ela seja adiada, cada membro da tripulação receberá um prêmio de US$ 50.000 (R$ 270.000 na conversão atual).

Essa não será a primeira vez que a SpaceX levará humanos ao espaço. Em novembro de 2020, quatro astronautas a bordo da cápsula Crew Dragon alcançaram a Estação Espacial Internacional (ISS). A diferença é que, agora, será a primeira vez que a companhia de Elon Musk prevê levar civis comuns para fora da Terra, e não astronautas altamente treinados.

[Space, Fast Company]