Nave Starship SN8 da SpaceX deve fazer teste de voo na semana que vem

Este será o sexto teste de voo da espaçonave, que um dia poderá levar pessoas e equipamentos para Marte e Lua.

Nave da SpaceX, Starship SN8. Imagem: Loren Elliott / Stringer (Getty Images)

Imagem: Loren Elliott / Stringer (Getty Images)

Na noite da última terça-feira (24), a SpaceX acionou os motores do protótipo de espaçonave Starship SN8. O CEO Elon Musk, inclusive, tuitou que o “bom teste estático de decolagem” provavelmente pavimentou o caminho para o veículo fazer seu primeiro voo de teste, que por sua vez está agendado para a próxima semana.

O voo de teste deve atingir um pico de 15 km, e ultrapassaria o recorde anterior estabelecido para a nave, que era de apenas 150 metros. Essa foi a distância máxima atingida por protótipos anteriores.

A Starship é uma nova geração de transporte espacial desenvolvida pela SpaceX. É por essas espaçonaves gigantescas, que pesam muitas toneladas, que a companhia espera levar pessoas e equipamentos para a Lua e Marte, além de lançar satélites. A versão final prevê uma nave de 50 metros de altura somada a um foguete chamado Super Heavy. Os dois são reutilizáveis, o que significa que podem sair da Terra e voltar em mais de uma viagem.

Em seu perfil no Twitter, Musk deu a entender que a data do voo de teste para a próxima semana ainda era provisória, já que uma revisão dos dados terá de ser concluída. De acordo com o bilionário, o objetivo dos testes é ver como a nave se comporta a uma “subida usando três motores, suas flaps de controle e orientação, transição dos tanques principais para os tanques secundários e manobra de pouso”.

Respondendo uma pergunta sobre a probabilidade de um pouso bem-sucedido, Musk disse que as chances são de uma em três, admitindo que “[muitas] coisas precisam dar certo”.

O executivo também disse que o alto potencial de um pouso forçado é “porque temos SN9 e SN10” — as duas gerações subsequentes de protótipos de naves que a SpaceX usará caso o voo de teste SN8 falhe. Já tem algum tempo que a SpaceX implementou a estratégia de ter naves irmãs como segundo plano e ficar preparada para usar os dados de protótipos que deram errado ​​a fim de melhorar e aprender com os erros de lançamentos anteriores.

Apesar da animação do público, o próprio Musk já tentou moderar as expectativas sobre como seria um lançamento bem sucedido para a SN8. O protótipo já havia feito testes de voo nos dias 20 de outubro, 10 de novembro e 12 de novembro.

Sair da versão mobile