Não contente em manter as coisas simples ou fáceis, a SpaceX planeja pegar seus próximos propulsores Super Heavy na torre de lançamento, permitindo relançamentos subsequentes apenas uma hora depois.

O Super Heavy, que não deve ser confundido com o Falcon Heavy, servirá como o estágio de propulsão para o próximo sistema Starship da SpaceX. O segundo estágio do sistema será a própria Starship, projetada para ser lançada e pousada por conta própria. Quando emparelhado com o impulsionador, no entanto, a Starship será transformada em um sistema de lançamento potente, capaz de transportar carga e dezenas de passageiros para a órbita da Terra, a Lua e Marte.

Tradução: Nós vamos tentar pegar o Super Heavy Booster com o braço da torre de lançamento, usando a grade para carregar a carga

O Super Heavy, assim como o segundo estágio da Starship, ainda está em desenvolvimento e as especificações estão em constante evolução. Originalmente, o propulsor deveria pousar usando pernas retráteis semelhantes às vistas no foguete reutilizável Falcon 9 da empresa. Mas, como o CEO da SpaceX, Elon Musk, explicou em uma recente série de tuítes, eles reformularam o conceito.

“Vamos tentar pegar o Super Heavy Booster com o braço da torre de lançamento, usando as grades para carregar a carga”, ele tuitou em resposta a uma pergunta. “Economiza massa e custo de pernas e permite o reposicionamento imediato do booster na montagem de lançamento – pronto para voar novamente em menos de uma hora”, acrescentou Musk.

O fato de a SpaceX estar projetando um sistema capaz de lançar foguetes Starship em intervalos de uma hora aponta para as ambições futuras da empresa. Resta saber se esses impulsionadores gigantescos – que medirão 70 metros de altura e 9 metros de largura – podem realmente ser capturados dessa forma, mas o histórico impressionante de Musk significa que precisamos levar essa perspectiva a sério.

Equipado com mais de duas dúzias de motores Raptor, o booster Super Heavy exercerá mais de 16 milhões de libras de força (cerca de 7 milhões de quilograma-força). Para efeito de comparação, o Block 2 do próximo sistema SLS da NASA fornecerá 9,5 milhões de libras de empuxo.

Tradução: Com o SN10 quase completo e os reparos sendo feitos na pista de pouso, vocês acham que isso é algo que veremos nas próximas semanas?

Em 12 de dezembro, a SpaceX realizou um teste de alta altitude de um protótipo da Starship, que se despedaçou ao tentar pousar. Musk descreveu o evento como uma “subida bem-sucedida”, acrescentando que “temos todos os dados de que precisávamos”. Novos protótipos da Starship estão sendo construídos para testes adicionais, mas ainda não foi divulgada nenhuma data para esses lançamentos.