O Rdio foi adquirido pela Pandora e será fechado para sempre em 23 de dezembro. Há alguns métodos não-oficiais para exportar suas playlists, mas agora o Spotify lançou uma ferramenta que facilita a transição das suas listas. Eis como usá-la.

>>> Rdio vai fechar as portas; eis como exportar suas playlists

Se você é um usuário do Rdio, vá até rdio.com/farewell, onde você verá uma mensagem de despedida, bem como uma linha do tempo mostrando as músicas e os álbuns que você mais tocou.

Depois de passar alguns minutos relembrando os sons do passado, clique em “Exibir opções de exportação” e depois em “Exportar coleção” para levar seus dados, que virão organizados em quatro pastas.

rdio farewell 2 rdio farewell

O melhor de tudo: você terá as informações em quatro formatos diferentes de arquivo, e o Rdio explica exatamente o que você está recebendo e como usar os dados.

Depois de baixar seus dados, vá até import.spotify.com/rdio, onde o Spotify oferece uma ferramenta dedicada para importar playlists e favoritos do Rdio. Eles explicam:

Mantenha suas listas de reprodução: importe-as a partir de sua biblioteca do Rdio.

Siga artistas: curtiu artistas no Rdio? Você vai segui-los no Spotify.

Músicas salvas: importe todas as suas faixas e álbuns que você salvou no Rdio.

spotify rdio importer

Você terá que fazer login no Spotify; caso você ainda não tenha uma conta, basta se inscrever gratuitamente no serviço. Então todas as suas playlists e favoritos devem aparecer por lá.

E se você quiser levar suas playlists do Rdio para outros serviços, como Deezer ou Microsoft Groove Music? Aí você pode usar o Soundiiz, como explicamos aqui. Você também pode usar o STAMP se quiser levar suas listas e favoritos para o Apple Music.

Fique atento: o Rdio lembra que o serviço “será encerrado em 23 de dezembro de 2015”. Por isso, eles dizem no FAQ: “não temos certeza de quanto tempo este site de exportação ficará disponível, então recomendamos enfaticamente que você baixe seus arquivos o quanto antes”.

Foto por Adam Campbell/Flickr