Tem algo que agrada, que até mesmo humaniza, ao ver o Steve Ballmer na frente de uma webcam, bebendo um café gelado enorme da Starbucks (o que explica muita coisa), falando sobre como a Apple só consegue dominar categorias de nicho, como tocadores de mídia e nada maior.

Ele diz que as categorias supergrandes — os "não-nichos", como PCs e celulares que vendem mais de 300 milhões de unidades por ano — não serão dominados por uma só empresa. Haverá muitos nesse jogo, e ele ainda acredita que "o software que vai se tornar mais popular nesses celulares será o software que for vendido por alguém que não faz o próprio celular".

Sim, este é o mesm Steve Ballmer que admite que a Microsoft pisou na bola com o Windows Mobile e que logo trará celulares da Microsoft voltados para adolescentes. Esta é só uma pequena parte da entrevista, e vale muito a pena assisti-la — é um lado do Steve Ballmer que você provavelmente ainda não viu. [TechCrunch]