O cofundador da Apple Steve Wozniak apagou sua conta pessoal do Facebook no ano passado e diz que todo mundo deveria fazer o mesmo. Woz foi parado pelo TMZ no Aeroporto Nacional Ronald Reagan de Washington recentemente e alertou que a falta de privacidade na plataforma não vale a pena para a maioria das pessoas, fazendo um alerta no geral, “quem sabe se meu celular está ouvindo nossa conversa agora?”.

“Existem muitos tipos diferentes de pessoas e alguns dos benefícios do Facebook valem a perda de privacidade”, disse Wozniak ao TMZ. “Mas para muitos, como eu, minha recomendação é – para a maioria das pessoas – encontrar um jeito de sair do Facebook”.



Woz disse que embora ele esteja preocupado com as invasões de privacidade por grandes empresas de tecnologia, ele não acha que algo possa ser feito para impedir isso.

“Mas, tudo sobre você… Digo, eles podem medir seus batimentos cardíacos com lasers agora, eles podem te ouvir com um monte de dispositivos. Quem sabe se meu celular está ouvindo agora. A Alexa [assistente da Amazon] já apareceu no noticiário muitas vezes”, disse Woz ao TMZ.

“Então eu me preocupo porque você está tendo conversas que acha que são privadas… Você diz palavras que não deveriam ser ouvidas por terceiros, porque você não espera que isso aconteça. Mas praticamente não existe nenhuma forma de impedir isso”, disse Woz.

Wozniak deu um pé na bunda do Facebook apenas três semanas depois que o escândalo da Cambridge Analytica se tornou público, em março de 2018. Esse escândalo revelou que empresas privadas estavam usando dados do Facebook pata manipular as eleições presidenciais dos EUA de 2016 em favor de Donald Trump ao monitorar humores e comportamentos na plataforma.

Desde então, o Facebook se envolveu em muitas outras transgressões, incluindo ser conivente com o genocídio em Mianmar, de acordo com um relatório das Nações Unidas. O Facebook admitiu que sua plataforma tem sido usada para “fomentar a divisão e incitar a violência offline”.

A solução de Wozniak, que você pode ouvir a partir do vídeo completo do TMZ no YouTube, é uma ideia que já apareceu por aí antes: deixe que as pessoas paguem por sua privacidade.

“As pessoas acham que elas possuem um nível de privacidade que elas não têm. Por que eles não me dão uma escolha? Me deixe pagar uma quantia, e você manterá meus dados mais seguros e privados do que o restante que está sendo dado para os anunciantes”.

Boa sorte com isso, Woz. Boa sorte pra todos nós, na real.