A transmissão exclusiva do Rock In Rio pela Globo.com na internet já havia feito uma vítima — o YouTube, que transmitirá o festival para o mundo todo, foi proibido de exibi-lo no Brasil. Agora, a nova vítima é a inocência de milhares de crianças e jovens que querem ver Katy Perry, Rihanna e outros: pouco antes do início da transmissão oficial do evento, um vídeo pornô entrou no ar.

A transmissão das primeiras atrações será exibida via streaming pelo Multishow. Segundo a Info, que acompanhou o acontecimento ao vivo, o vídeo envolvia duas garotas, um cidadão e pornografia dentro da van (junte os pontos e descubra a franquia). Não é a primeira vez que um vídeo pornô surge aleatoriamente na transmissão pela internet da Globo — um jogo do Botafogo já foi alvo da falha. [Info]