O senso comum diz que a água é a molécula mais importante para a existência da vida. Mas de acordo com uma nova pesquisa, proteínas que dependem de H2O podem funcionar perfeitamente sem ela. Então a água é realmente tão essencial assim para a vida?

Uma equipe de pesquisadores do Instituto de Biologia Estrutural em Grenoble, na França, usou proteínas de mioglobina: elas levam oxigênio aos músculos e dão a eles sua cor vermelha.

A equipe trocou a água que geralmente cobre a superfície da proteína por um polímero sintético: isso transforma as proteínas em um fluido espesso como xarope. Esperava-se que isso reduzisse bastante a função delas.

Mas para a surpresa dos pesquisadores, as proteínas funcionaram tão bem quanto antes: permaneceram flexíveis, comportaram-se de forma normal, e ainda conseguiam se ligar ao oxigênio e a tecidos vivos. A mioglobina, pelo menos, nem liga para H2O. Os resultados foram publicados no Journal of the American Chemical Society.

É uma prova pequena, mas sugere que talvez a existência de água não seja tão crucial assim para a vida. Claro, o polímero usado no experimento não ocorre espontaneamente na natureza, então seres vivos ainda precisam de água por aqui. Mas se estamos procurando água em outros planetas para saber se há vida, bem, melhor ficar de olho em outras substâncias. [Journal of the American Chemical Society via New Scientist]

Imagem por AzaToth/Wikimedia