De acordo com uma nova pesquisa entre os leitores da Game Informer, o Xbox 360 sofre de uma absurda margem de erro de 54,2%. É um número extremamente alto, mas não podemos dizer que não bate com a aparente realidade. E sabe do pior? As pessoas não se importam.

Como alguém que já sofreu a sua segunda 3RL (de "Three Red Lights", o apelido do erro fatal mais comum) em alguns anos, será mesmo tão surpreendente que cerca de metade de todos os Xboxes tenham aberto as pernas? Pessoalmente, eu não conheço uma única pessoa com o console que não tenha sofrido com o problema, então talvez essa porcentagem de erro esteja talvez até abaixo da realidade!

Comparativamente, o PS3 tem uma taxa de erros de 10,6%, enquanto o Wii tem só 6,8% de dar pau. Apesar destes números, os jogadores passam mais tempo jogando o Xbox: 40,3% deles jogam de 3 a 5 horas por dia, enquanto apenas 37% dos donos de PS3 jogam por todo esse tempo. Como seria de se esperar, 40,4% dos donos de Wii ligam o videogame por uma hora ou menos por dia.

E esta é a grande lição aqui. Não é novidade que os Xbox 360 mais antigos morrem quase que inevitavelmente, mas é interessante o fato de que as pessoas parecem ter aceitado isso numa boa e continuam jogando o Xbox como sempre. De fato, meros 3,8% dos pesquisados afirmou que uma falha de hardware os faria nunca mais comprar outro Xbox. Concluo que o pessoal realmente gosta de 1 vs 100. [Consumerist via Kotaku]