Buracos negros são conhecidos por serem vórtices de destruição, mas o que realmente aconteceria se caíssemos em um? De acordo com Stephen Hawking, iríamos para outro universo.

Essa foi a resposta do respeitado físico para o chamado “paradoxo da informação” – o enigma dos buracos negros que parecem engolir matéria, o que, de acordo com as leis da mecânica quântica, é impossível e uma total maluquice. Em uma conferência pública em Estocolmo, na Suécia, Hawking disse essas palavras de conforto para quem pretende se tornar um viajante do espaço profundo: “Se você sentir que está em um buraco negro, não desista. Há uma saída.”

De acordo com a nova teoria de Hawking, descrita em um post no blog do KTH Royal Institute of Technology, essa situação terrível pode terminar de duas formas: em uma delas, você fica permanentemente preso em um holograma bidimensional nas bordas do buraco negro (que morte horrível). Na segunda, você vai parar em outro universo.

“A existência de histórias alternativas com buracos negros sugere que isso é possível,” disse Hawking. “O buraco precisaria ser grande, e se estivesse girando poderia dar a uma pessoa uma passagem para outro universo. Mas você não poderia voltar para o nosso universo.”

Particularmente, não me importaria com isso. Claro, aparecer de uma hora para outra em um universo em que as leis da física são diferentes e todas as ligações entre átomos do seu corpo são rompidas repentinamente não deve ser legal, mas acho que vale mais a pena do que ser comprimido a uma quantidade ridiculamente pequena de massa pelo resto da eternidade. [KTH via The Guardian]