Olha, outro aplicativo do Facebook que ninguém precisava! A gigante das mídias sociais anunciou na quinta-feira que está lançando um novo aplicativo do Instagram chamado Threads. Ele funciona de maneira independente, mas puxa a lista de amigos próximos do Instagram do usuário. De acordo com um post, o aplicativo de mensagens será “focado na câmera” e permitirá que os usuários compartilhem fotos e vídeos com esses amigos.

“Nos últimos anos, introduzimos várias novas maneiras de compartilhar conteúdo visual no Instagram e nos conectar com pessoas importantes, desde compartilhar momentos cotidianos no Stories até mensagens visuais no Direct”, escreveu o diretor de produto da empresa, Robby Stein. “Mas vimos a necessidade de permanecer mais conectado com seu círculo mais próximo de amigos ao longo do dia, para que você possa comunicar o que está fazendo e como se sente através de fotos e vídeos.”

Ao que parece, o aplicativo reúne os recursos de status e atividade do Facebook, o Stories e o compartilhamento de imagens em tempo real do Instagram ou Snapchat, e o elemento de curadoria de um grupo de bate-papo.

Segundo o Facebook, o aplicativo abre direto na câmera e tem atalhos rápidos para recursos de compartilhamento. Com base nas imagens e nos materiais promocionais mostrados ​​pelo Facebook, parece que ele é direcionado a adolescentes. Faz sentido, considerando que não consigo pensar em nenhum adulto que usaria isso. Por favor, veja com seus próprios olhos.

Além de definir um status exclusivo ou sugerido, o Facebook diz que o Threads também permitirá que os usuários definam algo chamado Status Automático, uma configuração para compartilhar automaticamente “pequenos pedaços de contexto de onde você está sem revelar suas coordenadas”.

Obviamente, para fazer isso, o Facebook precisa incorporar seus dados de localização (o que não é nada bom). Mas também parece que essa configuração compartilha todos os tipos de informações pessoais sobre seu dispositivo, atividade e lugares por perto.

Por exemplo, além de compartilhar com esses “amigos íntimos” quando um usuário está em casa, “em movimento” ou no aeroporto, ele também absorve e divulga informações sobre a bateria do telefone e o status de sua conexão de rede. Ironicamente, a empresa disse isso em um post sobre a “privacidade” do aplicativo. Claro, não é nem um pouco assustador, imagina.

Em uma tentativa óbvia de evitar críticas a um produto claramente destinado a adolescentes, o Facebook alegou que não armazena dados de localização em seus servidores, acrescentando que eles ficam apenas nos dispositivos dos usuários “por tempo limitado”. O Facebook também disse que “informações precisas de localização” não serão usadas para veicular anúncios de usuários. Então ok, né?

O lado positivo, caro leitor, é que você provavelmente está velho demais para ser o público-alvo deste app de conversas, ou de fotos, ou o que quer que ele seja.