Para enfrentar a concorrência de Instagram, Facebook e YouTube, o TikTok anunciou o lançamento do “Creator Next”, área do app que reúnirá todas as ferramentas de monetização da plataforma — novas e antigas — para criadores de conteúdo.

Entre as novidades está o “Tips”. Com ele, os usuários podem enviar “gorjetas” aos criadores, algo que já existe no YouTube, por exemplo. Como quem acompanha o Gizmodo viu por aqui, a ideia de lançar a função foi vazada no início de novembro, e confirmada depois pela companhia.

Nos EUA, a gorjeta virtual do TikTok será processada pelo serviço de pagamento Stripe, que repassa quase todo o valor aos criadores — com exceção de uma pequena taxa de processamento. Ainda não há informações sobre a disponibilidade da ferramenta no Brasil.

Finalmente, há também a estreia dos “Video Gifts”, que agora permitem aos criadores coletarem diamantes ao postar vídeos — algo que, antes, só era possível durante lives. Esses diamantes podem ser convertidos em dinheiro via serviços como o PayPal, por exemplo.

No caso dos “Tips” e do “Video Gifts”, são elegíveis criadores maiores de 18 anos e com pelo menos 100 mil seguidores.

Outro recurso anunciado pela empresa é o Creator Marketplace. Com ele, os criadores podem pesquisar e fazer parcerias com marcas, ganhando dinheiro por meio de vídeos patrocinados. A prática já era utilizada pelos usuários, mas agora passa a ser feita no próprio aplicativo.

O acesso ao Creator Marketplace ficará disponível para um número maior de usuários. Bastará ser maior de idade, somar ao menos 1.000 visualizações nos últimos 30 dias, publicar pelo menos três postagens por mês e ter mais de 10 mil seguidores — antes, eram exigidos 100 mil. Contas comerciais não poderão participar.

Por enquanto, o recurso está disponível exclusivamente para usuários que vivem nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Itália e Espanha. Nos próximos meses, o acesso valerá também para Canadá e Austrália.