Campeonato de videogame é alvo de tiroteio na Flórida

Um atirador abriu fogo em um torneio de Madden NFL 19 em um bar de jogos na cidade de Jacksonville, no estado americano da Flórida. De acordo com o jornal local Miami Herald, a polícia confirmou que três pessoas foram mortas, incluindo o atirador, e 11 estão feridas, sendo nove delas baleadas. As primeiras informações […]

Um atirador abriu fogo em um torneio de Madden NFL 19 em um bar de jogos na cidade de Jacksonville, no estado americano da Flórida. De acordo com o jornal local Miami Herald, a polícia confirmou que três pessoas foram mortas, incluindo o atirador, e 11 estão feridas, sendo nove delas baleadas. As primeiras informações falavam em quatro mortes, mas este número foi corrigido pelas autoridades.

O tiroteio aconteceu no GLHF Game Bar durante um campeonato do game de futebol americano. O estabelecimento fica em uma área conhecida como Jacksonville Landing, que abriga bares, restaurantes e lojas.

Miami Herald também reporta que a polícia identificou o atirador como David Katz, de 24 anos, de Baltimore. Ele estava no local para o torneio e, ao que tudo indica, foi derrotado momentos antes. Testemunhas dizem que ele atirou em si mesmo depois do ataque.

O torneio estava sendo transmitido pelo Twitch. Nos vídeos, dá para ouvir os tiros e os gritos dos jogadores.

A Electronic Arts, desenvolvedora do jogo, publicou um comunicado em seu Twitter:

Tradução: “Estamos cientes do incidente em um torneio oficial de Madden em Jacksonville. Estamos trabalhando junto às autoridades para reunir fatos. É uma situação horrível, nossa mais profunda compaixão a todos os envolvidos.” 

Drini Gjoka, um dos jogadores que estavam participando da competição, disse ter sido atingido no dedão. Ele também usou o Twitter para falar sobre o acontecido.

Tradução: “Eu literalmente tenho muita sorte. A bala acertou meu dedão.”

Outro jogador, conhecido como Dubby, também deu um breve relato sobre o ataque usando redes sociais.

Tradução: “Me trouxeram para o hospital. A bala passou de raspão na minha cabeça. Estou me sentindo bem, só com um arranhão na cabeça. Estou traumatizado e arrasado.”

Atualizado às 17:48 com mais informações sobre a investigação.

Atualizado às 21:30 com o nome do suspeito e a correção do número de pessoas mortas.

Sair da versão mobile