Cerca de 2.000 dos 10.000 empregados da filial da Wintek na China Oriental estão em greve, supostamente pelo cancelamento de bônus e uso de uma substância perigosa na fabricação das telas. Telas usadas pela Apple, Nokia, e outras empresas.

Não se sabe exatamente como isso afetará a produção, especialmente já que a Wintek alega que não vai mais cancelar os bônus e que não está mais usando n-hexano (uma substância proibida que, segundo os trabalhadores, causa paralisia e morte). Obviamente os empregos não estão comprando essa história, já que a greve parece bem severa. 

Se os trabalhadores e a empresa não se acertarem em breve (o que esperamos que aconteça), é possível que algumas marcas ocidentais tenham problemas para colocar seus produtos no mercado a tempo. [Engadget]