Como sequência para seu curta intitulado Fall, que compartilhamos há quase cinco anos, o cineasta Jamie Scott passou os últimos três anos filmando uma sequência chamada Spring, que apresenta uma filmagem em timelapse incrível de centenas de flores florescendo em um clima mais aquecido.

• Este timelapse de mudança das estações foi incrivelmente gravado com um drone
• Um cineasta criou cuidadosamente um dos melhores vídeos já feitos de Marte

Filmados usando uma Canon 5D Mark II — o que resultou em vídeos robustos em 5K, já que cada quadro foi capturado como uma imagem estática —, os arquivos fontes para Spring ocuparam 8TB de espaço no disco rígido. A nível técnico, no entanto, essa foi a parte fácil.

O Fstoppers conversou com Scott sobre a logística e os desafios envolvidos nessa gravação, que incluiu configurar um slider de câmera com movimentos que precisavam estar perfeitamente cronometrados para capturar as flores conforme elas floresciam, posicionando a iluminação de maneira que as plantas não dobrassem para fora do quadro conforme cresciam; e até mesmo uma composição inteligente para uma transição suave para a filmagem das flores no Central Park. Afinal, a primavera de verdade não chega rápido o bastante.

[Vimeo via Fstoppers]