O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está trabalhando em um projeto para permitir que os eleitores validem suas impressões digitais pelo aplicativo e-Título da Justiça Eleitoral.

Ainda não há previsão de quando o projeto será implementado e o TSE afirmou em comunicado que, mesmo com o novo recurso, ainda será necessário cadastrar as impressões digitais presencialmente em um cartório eleitoral ou posto de atendimento da Justiça Eleitoral.



De acordo com o TSE, ainda não há nenhum estudo em andamento para permitir um futuro cadastramento não presencial. Porém, o comunicado ressalta que o objetivo é transformar o app em uma plataforma de serviços eleitorais.

O e-Título é a versão digital do título de eleitor e está disponível para Android e iOS. Na ferramenta, é possível consultar os dados da zona e seção eleitoral nos dias de votação, além da situação cadastral. Por lá, o usuário também consegue emitir a certidão de quitação eleitoral.