Na última segunda-feira (23), a Sony liberou o primeiro trailer de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, que marcará o terceiro longa do Peter Parker interpretado por Tom Holland. Teorias foram comprovadas e dezenas de outras conspirações foram criadas com os poucos três minutos de trailer. Dissecamos as referências mais explícitas e os desejos dos fãs a seguir.

O Sexteto Sinistro

Nos anos 1960, o Homem-Aranha enfrentou pela primeira vez o Sexteto Sinistro, grupo de vilões que se uniu contra o herói. Há um duradouro desejo dos fãs por ver isso ser manifestado nas telonas. Ao que podemos ver no trailer, temos a confirmação de pelo menos metade desta equipe, que varia de formação.

A aparição mais explícita é de Doutor Octopus, interpretado por Alfred Molina (do Homem-Aranha 2, de 2004), vilão que reconhece Peter mesmo sem ter visto a “versão” do Peter Parker de Tom Holland. Vemos também a bomba do Duende Verde, com sua característica risada em sincronia, de Willem Dafoe, na trilogia dos anos 2000.

No trailer temos cenas que dão pistas de dois outros vilões: os raios amarelos de Electro e a monstruosidade de areia do Homem Areia em outra. Por uma fração de segundo, vemos uma criatura obscura atrás de Peter, no que poderia ser tanto Venom como o Abutre, de De Volta para Casa – que também estará em Morbius, filme do ano que vem.

Recentemente, também tivemos uma adaptação do Sexteto no game Spider-Man de 2018, para PlayStation 4, composto por Sr. Negativo, Doutor Octopus, Electro, Abutre, Rhino e Escorpião.

Demolidor

Um homem engravatado com as mangas arregaçadas fez com que muitos teorizassem ser o advogado Matt Murdock, interpretado por Charlie Cox, o Demolidor da falecida série da Netflix. Por a cena se passar na polícia em um clima de tensão, acredita-se que ele pode ajudar Peter de certa forma.

O feitiço de Doutor Estranho

Após Peter implorar por um “feitiço de esquecimento” feito por Doutor Estranho, Wong alerta para não fazê-lo. Pelo que dá a entender, o Mago Supremo segue o conselho e, ao invés disso, faz um feitiço para alterar a realidade, que pode ter aprendido no livro proibido que vemos em seu filme solo. Estranho não faz com que todos se esqueçam, optando por alterar a linha do tempo e modificar a realidade de todos que conhecem (e ainda não conhecem) Peter.

Depois do feitiço, vemos uma sequência maluca digna de A Origem, com vários prédios retorcidos. Aqui podemos aplicar a lógica enganadora de trailers, pois provavelmente isso não acontece como consequência, sendo apenas uma metáfora de Estranho sobre como funciona o multiverso. Assim como no filme De Volta Para o Futuro, conceitos são explicados ao protagonista e, de tabela, ao público que está vendo Sem Volta Para Casa – e não entende nada sobre multiverso.

Uma prova de que a cena abstrata não passa de uma metáfora é quando vemos os trens em espiral, percorrendo o Grand Canyon. Quem assistiu Loki sabe que diferentes universos percorrem em paralelo, compondo a tal “Linha do Tempo Sagrada”. Neste momento de Sem Volta Para Casa, os vagões representariam universos distintos, cada um com seu respectivo Homem-Aranha.

Outros Homens-Aranhas

Não há confirmação oficial de que outros Homens-Aranhas participarão do filme. Mas com a presença de vilões reprisando seus papéis quando o herói era interpretado por outros atores, cogita-se que veremos Tobey Maguire e Andrew Garfield dividindo a tela com Tom Holland. Caso isso aconteça, é quase garantia que a Sony irá deixar a grande revelação para o filme, sem entregar nos potenciais futuros trailers.

Lembrando que múltiplos Aranhas de universos diferentes apareceram nas telonas recentemente com Homem-Aranha no Aranhaverso, animação vencedora do Oscar de 2018, que ganhará uma sequência em outubro do ano que vem.

Peter Parker x Homem-Aranha

Em certa cena, vemos a interação do Mago e Parker idêntica ao que é mostrado em uma “experiência fora do corpo” nos outros filmes com Doutor Estranho. Neste momento do trailer ele diz que o grande problema é o Peter “tentar viver duas vidas diferentes”. Uma outra solução possível seria separar ambas as identidades, um sendo exclusivamente Peter Parker e outro sendo Homem-Aranha.

Com essa teoria, Peter pode viver sua vida normalmente, sem se lembrar que foi Homem-Aranha, e o super-herói viveria uma vida combatendo o crime, “Sem Volta Para Casa”. Seria uma maneira de encerrar a trilogia estrelando Tom Holland, pois seu personagem teria um arco completo desde a empolgação ao lutar contra os Vingadores em Guerra Civil e o peso de suas responsabilidades com o decorrer dos filmes solo.

Aquele é mesmo o Doutor Estranho?

Muitos fãs estranharam o comportamento de Doutor Estranho que opta por ajudar um adolescente em um problema pessoal, colocando isso acima de manter a paz na atual linha do tempo. Como referência ao quadrinho Um Dia a Mais, onde Peter revela sua identidade ao mundo e faz um pacto com o Mephisto (demônio da Marvel), no trailer/filme podemos ter um vilão se disfarçando de Doutor Estranho.

O Mago age de maneira sábia em todos os outros filmes que participou, principalmente em Vingadores Ultimato e em Guerra Infinita. Obedecer ordens simples de um garoto não compõem o caráter que ele construiu ao longo dos anos.

Prova de que isso pode ser verdade é a autor referência dos outros filmes da Marvel, pois vilões já se disfarçaram de “figuras sábias” que guiam os heróis na jornada, vide Ego em Guardiões da Galáxia 2, Abutre em Homem-Aranha De Volta para Casa e Mysterio no segundo Homem-Aranha. Mephisto então utilizaria do desejo realizado por Peter (humano) para instaurar o caos nas diversas linhas do tempo.

Assine a newsletter do Gizmodo

Teorias e referências à parte, a Sony provavelmente lançará mais um trailer antes de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, previsto para ser lançado em 16 de dezembro aqui no Brasil.