Em 2018, uma nova ligação entre as cidades de Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo, vai dar início à era dos túneis submarinos no Brasil. O projeto, chamado Submerso, usará uma tecnologia parecida com a usada no Transbay Tube, em San Francisco, EUA, para construir um túnel de mais de 760 metros que conectará as duas cidades a 21 metros de profundidade.

Túnel submerso entre Santos e Guarujá

Localização do futuro túnel submerso entre Santos e Guarujá, via DERSA

O Submerso deve custar R$ 2,8 bilhões, com recursos do Estado de São Paulo e do BNDES, e atenderá cerca de 40 mil pessoas por dia que viajam entre Santos e Guarujá. O projeto inteiro tem 1,7 km, sendo 762 metros de túnel submarino, e mais 950 metros de rampas de acesso Ao todo, cada sentido terá três faixas com 3,50 metros, além da espaço para a passagem de pedestres e ciclistas através de uma galeria com 5 metros de largura.

Túnel submarino entre Guarujá e Santos

O túnel terá espaço para o tráfego de pedestres e ciclistas.

Ele será construído fora d’água. Como explica a Exame:

O Submerso será construído fora d’água e em partes. Chamadas de elementos pelos engenheiros, essas partes serão feitas de concreto armado terão 10 metros de altura, 37 metros de largura e 145 metros de comprimento. Ao todo, serão seis elementos.

Três desses elementos serão construídos por vez, e, quando prontos, serão levados para o canal e, com lastros provisórios, afundarão na água. Uma mistura de posicionamento preciso, encaixes e concreto unirá o túnel já debaixo d’água. Estanislau Marcka, coordenador do projeto, acredita que o submerso será apenas o primeiro túnel do tipo no Brasil. “Esse vai ser o primeiro de uma série. Creio que outros virão”, disse o confiante coordenador.

O vídeo abaixo explica com detalhes como será a construção do túnel:

Se tudo sair como o planejado, o Submerso começará a ser construído em janeiro de 2015 e as obras devem durar 44 meses – assim, ele será entregue à população em 2018. [DERSA, Exame]