Há alguns meses, eu falei sobre Turbo, um filme para tese de graduação que custou menos de 100 mil dólares e foi gravado com uma câmera Red One — de resolução 4K — e que usou efeitos bem elaborados para capturar o potencial futuro do mundo dos jogos. E agora o filme está aqui, e de graça.

Meus momentos favoritos? A cena de luta inicial (a melhor, na minha opinião), e o momento em que a cabeça do protagonista passa por um jogo de claw vending machine.

Não me entenda mal: Turbo consegue juntar todos os temas mais batidos de Hollywood em um só filme de 20 minutos. Mas tudo — dos efeitos especiais à cinematografia até a coreografia da luta — ficou muito bom para um curta-metragem de baixo orçamento. E a história é bem melhor que qualquer longa-metragem de Street Fighter ou Mortal Kombat já feito. [Turbo]